Por pedro.logato

Rio - O MMA vive um divisor de águas atualmente. Ao mesmo tempo em que o esporte se consolida cada vez mais no mundo, também vem sendo mais comum, grandes nomes do esporte caírem em exames antidopings, principalmente no UFC. Segundo Dan Henderson, uma lenda do esporte, o doping sempre foi rotineiro no MMA. Ex-campeão do Pride, principal evento do esporte nos anos 90, o lutador afirmou que naquele tempo, apenas ele e o brasileiro Rodrigo Minotauro passavam "limpos" para lutar.

Dan Henderson (E) falou sobre momento complicado do MMAReprodução Instragram

"Existiam testes antidoping, mas eram para drogas recreativas, como maconha, cocaína... Para eles o que importava era o show. Uma vez comentaram que apenas dois lutadores passariam limpos por exames por substâncias ilegais e seriam apenas eu e Rodrigo (Minotauro) Nogueira. Como iamos saber o que os outros estavam fazendo?", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

Dan Henderson, de 44 anos, ainda é uma das estrelas do UFC. Recentemente, grandes nomes do MMA como Jon Jones, Anderson Silva, Chael Sonnen, Wanderlei Silva, foram pegos no antidoping do Ultimate.

Você pode gostar