Ronda Rousey rebate piada sobre suicídio e Bethe Correia pede desculpas

Pai da lutadora americana morreu desta forma e brasileira, que não sabia desta história, se arrependeu pelo que disse

Por O Dia

Bethe Correia pediu perdão pela declaração sobre suicídio para RondaWander Roberto / Divulgação UFC

Estados Unidos - Bethe Correia vacilou. A brasileira disse que sua adversária no UFC 190, Ronda Rousey, iria se suicidar depois de ser derrotada. Mas o pai da lutadora americana morreu desta forma e logo que soube, a paraibana se desculpou pelo Twitter.

?LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

“Ronda, eu nunca soube o que aconteceu com o seu pai. Eu sou humilde o suficiente para lhe pedir perdão. A família é uma benção para mim. Nos vemos no UFC 190”, escreveu Bethe Correia.

Tudo teve início depois de uma entrevista de Bethe Correia. A brasileira exagerou na dose e sem querer esbarrou em um drama familiar de Ronda.

"Eu quero nocautear a Ronda, mostrar que ela é uma farsa. Ela disse que deseja trocar, quero ver. Quero desmoralizá-la e provar ao mundo que ela não tem MMA. Ela não é uma pessoa boa de cabeça, precisa se cuidar. Está cheia de gente em volta dela, está vencendo, mas quando cair na real e vir que não é tudo isso, nem sei o que poderá acontecer. Espero que ela não se suicide (risos)", disse a brasileira na época.

O duelo das louras acontece no UFC 190, dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro.

Últimas de _legado_MMA