UFC faz pressão: médico buscará forma de colocar José Aldo no octógono

Lutador se machucou em treino desta terça-feira e não tem condições de enfrentar McGregor, no UFC 189, no dia 11

Por O Dia

Rio - O UFC reluta em aceitar o adiamento do combate entre José Aldo e Conor McGregor, pressiona o lutador e a academia Nova União a colocar o manauara apto a lutar no dia 11, em Las Vegas (EUA). Médico da Confederação Brasileira de MMA, Márcio Tannure recebeu a missão de recuperar o campeão dos penas em tempo hábil e vai tentar um milagre. Companheiros de treino garantem que Aldo não tem condições de lutar.

UFC faz pressão para a luta entre José Aldo e Conor McGregor acontecer em julhoReprodução Instragram

Durante treino de sparring na manhã desta terça-feira, José Aldo recebeu um chute alto, rodado, que acertou em cheio a costela. O lutador foi levado para um hospital da Barra da Tijuca e um exame de ressonância constatou a fratura na costela.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

O tempo mínimo para a recuperação de lesões deste tipo é de três a quatro semanas. Em seu Twitter, o presidente Dana White tratou de tranquilizar os fãs, ao postar a mensagem "Relaxe, pessoal". Mas a situação é mais crítica do que aparenta. Uma pessoa ligada ao lutador confirmou que Márcio Tannure buscará opções para encurtar o tempo. O médico foi procurado, mas não atendeu às ligações.

Últimas de _legado_MMA