Por pedro.logato

Rio - A sigla Uiama parece esquisita, diferente. Mas é bom que todos se acostumem. Tradicional na Argentina, a União Internacional de Artes Marciais da América chega pela primeira vez à Cidade Maravilhosa, dia 25, no Estádio Miécimo da Silva, em Campo Grande, e é grande a chance para que alguns lutadores daqui despontem. Serão várias modalidades em disputa no Pan-Americano de artes marciais e dezenas de países representados. No entanto, quem promete brilhar é um lutador de MMA, oriundo do kickboxing e nobre representante do Batalhão de Choque do Rio. Juan ‘Blindado’ Costa vai disputar o cinturão até 87kg e resgatará o passado. “Será uma volta às origens. O kickboxing foi o esporte pelo qual iniciei e meus mais de trezentos alunos, além do meu filho, nunca me viram competindo nele. Então, aceitei o convite e vou representar com honra a Polícia Militar e o Choque”, disse.

Faixa-preta%2C Juan Costa disputou eventos de MMA%2C como Shooto Brasil e Gigante FightCarlos Moraes

INSPIRAÇÃO PARA THALES

Apaixonado pelo filme ‘Coração Valente’ — protagonizado por Mel Gibson, em 1995 —, Thales Leites está contente como uma criança por enfrentar hoje Michael Bisping em sua primeira luta na Escócia. A devoção é tanta que o peso-médio tatuou na altura das costelas uma espada com a frase “Todo homem morre, mas nem todo homem realmente vive”, em inglês, e a saga do camponês William Wallace o inspira: “Espero incorporar o espírito de guerreiro que ele tinha. Sei que existe uma rivalidade com a Inglaterra e espero ter o apoio dos escoceses”.

Você pode gostar