Ronda critica pena por uso de maconha e dispara contra Anderson Silva

Musa do UFC atacou Comissão Atlética de Nevada, que puniu Nick Diaz por cinco anos, enquanto brasileiro, flagrado pelo uso de esteroides anabolizantes, foi suspenso por um ano

Por O Dia

Estados Unidos - Ronda Rousey, a musa do UFC, disparou contra a decisão da Comissão Atlética de Nevada, que puniu com suspensão por cinco anos o norte-americano Nick Diaz, flagrado pelo uso de maconha. A declaração foi dada em evento promocional do UFC 193, que será em Melbourne, na Austrália, em novembro.

"Desculpem, sei que ninguém me perguntou nada, mas tenho algo a dizer. Não é certo Diaz ser suspenso por cinco anos por maconha. Sou contra testes para essa substância, porque ela não proporciona melhora de performance. Não tem nada a ver com uma competição esportiva, e só existe esse teste por razões políticas. Aí eles dizem 'é para o seu bem, para que você não se machuque quando estiver lá'. Então por que não testam contra todas as outras coisas que poderiam nos machucar enquanto estivéssemos sob o efeito delas?".

Ronda fez duras críticas à Comissão Atlética de Nevada e considerou branda a pena de Anderson SilvaBruno de Lima / Agência O Dia

Ronda comparou a pena imposta a Diaz àquela que foi aplicada a Anderson Silva, punido por um ano pelo uso de esteroides anabolizantes. O material para análise, em ambos os casos, foi colhido antes de luta que opôs os dois atletas. "É muito injusto que uma pessoa flragrada por esteroides, e que poderia realmente machucar uma pessoa, receba um tapinha na mão, enquanto um outro que apenas fuma uma planta que a faz feliz seja suspensa por cinco anos".

O presidente do UFC, Dana White, estava ao lado de Ronda. Perguntado a respeito, ele criticou, de leve, a pena aplicada pela Comissão de Nevada. "Não sei muito sobre isso, porque aconteceu quando eu estava viajando. Vou voltar aos EUA na sexta-feira e pensar no que aconteceu. Mas me pareceu um pouco rígida."

A pena de Diaz foi agravada pela reincidência. O lutador já havia sido punido duas vezes antes, sempre pelo uso de maconha. Na primeira, em 2007, pegou seis meses de suspensão. Em 2012, foi afastado por um ano.

Últimas de _legado_MMA