Por fabio.klotz
Publicado 02/12/2015 17:18 | Atualizado 02/12/2015 17:19

Rio - O XFC preparou um card especial para a sua última edição de 2015. O XFCi 13, que acontece neste sábado, no XFC International Center, em São Paulo, colocará frente a frente alguns dos melhores atletas do MMA nacional. Em uma das superlutas do evento, o experiente Wendell "Negão" Oliveira terá pela frente o jovem invicto Antônio Trócoli em duelo válido pelo peso meio-médio. Os dois farão suas estreias no XFC e, enquanto Wendell quer retomar o caminho das vitórias, Trócoli busca manter a invencibilidade em oito lutas disputadas.

Wendell 'Negão' Oliveira quer retomar o caminho das vitórias no XFCi 13Foto UFC / Divulgação

Com quase 40 lutas em seu cartel profissional, Wendell "Negão" é um dos atletas mais experientes do MMA nacional e é apontado por muitos como o melhor peso meio-médio em atividade no Brasil. Após uma rápida passagem pelo UFC, onde não teve o desempenho que se esperava dele, Wendell quer encarar a chance no XFC como um recomeço.

Antônio Trócoli busca manter a invencibilidadeDivulgação

"Com certeza estou encarando essa chance no XFC como um recomeço na minha carreira. Mudei muita coisa quando fui para o UFC, mas não deu certo. Dessa vez resgatei as minhas origens e vou fazer como sempre fiz, lutar para frente e tentar terminar a luta por nocaute. Vou agarrar com unhas e dentes essa oportunidade no XFC", encerrou o casca-grossa.

Quando o assunto é seu adversário, o carioca garante não conhecer muito, mas afirma estar ciente da maior envergadura do oponente e da sua invencibilidade: "Não conheço muito sobre ele, mas não deve ser à toa que está invicto. Eu vi apenas que ele é um cara alto. Não foi fácil encontrar sparrings da altura dele, mas consegui dois amigos que me ajudaram muito. De qualquer maneira, quero impor o meu jogo. Estou voltando às minhas raízes e quero vencer como antigamente. A minha passagem pelo UFC foi muito ruim, mas o Antônio Trócoli escolheu uma péssima hora para me enfrentar", disse Wendell.

Trócoli mira vitória como presente de aniversário

Oponente de Wendell "Negão", o baiano Antonio Trócoli também faz sua estreia no XFC. Morando há três anos na cidade Belo Horizonte, o atleta da Full House conta com um cartel perfeito de oito vitórias em oito duelos disputados. Aos 24 anos, Trócoli, que carrega a alcunha de "Malvado" incorporado ao nome, garante estar ciente da qualidade do seu adversário, mas afirma que está mais ansioso para outro desafio do que para a luta em si.

"Estou muito ansioso, não só para a luta, mas para bater o peso logo e poder comer (risos). Acompanhei o Cleiton Predador no XFCi 11 e pude ver de perto o quanto o evento é diferenciado. Fiquei amarradão, cheio de vontade de lutar e agora eles me deram essa oportunidade de lutar logo em um card assim tão empolgante. Essa é a minha hora, o momento é de conquista e essa vitória vai alavancar ainda mais a minha carreira. Independentemente de quem seja o meu adversário, eu vou para cima de qualquer um. Ele já teve a oportunidade dele, eu quero a minha e não vou deixar que ele estrague tudo."

E o nono triunfo na carreira pode vir em uma data especial. Isso porque Trócoli completa 25 anos no domingo, dia seguinte ao XFCi 13, e já sabe qual seria o presente perfeito.
"Eu estou muito bem treinado para jogar tanto na longa quanto na curta distância. Estou com as mãos como uma lança e os cotovelos como uma adaga. Vou buscar a vitória como nunca para poder comemorar meu aniversário em grande estilo, quero me dar isso de presente. A vitória perfeita seria acabar com a luta antes dos três rounds, seja por finalização ou nocaute", almeja.

O último duelo do baiano radicado em Minas Gerais foi em abril deste ano, quando venceu Ronaldo Oliveira por decisão unânime. Apesar de lutar no peso leve, Antônio mede cerca de 1,95m e pretende usar a envergadura como arma diante de Wendell "Negão", a quem também considera um dos grandes nomes do MMA nacional.

"Respeito meu adversário, quando comecei a treinar ele já estava aí batendo em todo mundo. Mas isso não muda nada na minha evolução, os anos se passaram e agora eu cresci. Acho que ele vá querer resolver a luta rapidamente como tem falado, mas eu estou muito tranquilo quanto a isso. Eu estou preparado para tudo, resta saber se ele também está. É lógico que a envergadura ajuda muito, mas não é a minha única qualidade, posso afirmar que minha melhor qualidade é a agressividade e vocês podem esperar uma grande guerra", finaliza.

Card estelar fecha o ano do XFC

O card do XFCi 13 também será composto por outras três superlutas, com destaque para Junior Assunção e Mauricio Facção na luta principal da noite, além de seis finais da etapa sudeste do Young Guns, o Circuito Nacional de MMA promovido pela organização em parceria com a Confederação Nacional de MMA (CNMMA). O objetivo é descobrir novos talentos que possam participar das próximas temporadas dos torneios internacionais, e as disputas terão início já nesta quinta e sexta-feira, entre atletas de 18 a 24 anos. Três finais, a serem decidias pela organização, serão transmitidas ao vivo, juntamente aos quatro duelos principais, a partir das 21h (horário de Brasília). A pesagem oficial será transmitida na sexta, às 20h.

XFCi 13 - Serviço

Sábado, 5 de dezembro de 2015
Horário: 19h (horário de Brasília) - Primeira luta
Transmissão: 21h (horário de Brasília) - Ao vivo no Esporte Interativo
Local: XFC International Center
Endereço: Rua Doutor de Mello Nogueira, 90 - Casa Verde, São Paulo
Entrada: Somente convidados

Card Televisionado

Até 65,8kg: Junior Assunção x Maurício Facção - Superluta peso-pena
Até 84kg: Alberto Uda x Tiago Bodão - Superluta peso-médio
Até 77,1kg: Wendell Negão x Antônio Tricoli - Superluta peso-meio-médio
Até 65,8kg: Rafael Morcego x Jeferson Pitbull - Superluta peso-pena
Young Guns - Final 6 (A Definir)
Young Guns - Final 5 (A Definir)
Young Guns - Final 4 (A Definir)

Card preliminar

Young Guns - Final 3 (A Definir)
Young Guns - Final 2 (A Definir)
Young Guns - Final 1 (A Definir)

Você pode gostar