Por rafael.arantes
Publicado 04/06/2013 17:51 | Atualizado 04/06/2013 17:59

Rio - Durante entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, o presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, não poupou palavras para comentar a polêmica envolvendo o clube e o projeto de Túlio Maravilha pelo gol mil. Após as constantes críticas do atleta para um suposto 'descaso' da diretoria alvinegra com o projeto, o dirigente garantiu que o Glorioso não vê chances do projeto continuar.

"O projeto é do Túlio e não do Botafogo. Quando este projeto pelo milésimo gol, que é do Túlio, chegou, nós resolvemos apoiar porque era de um ídolo. Fizemos alguns jogos, mas ninguém nunca prometeu que ele iria participar do time principal, do Campeonato Carioca ou Brasileiro", afirmou

Mauricio Assumpção afirmou que Botafogo não seguirá com projeto do gol mil de TúlioAndré Mourão / Agência O Dia

Sobre o fato, o presidente do Botafogo ainda fez algumas ressalvas. De acordo com o mandatário, as declarações do jogador contra o marketing do clube acabou chateando a diretoria do clube.

"O Túlio é um ídolo e acho que nunca deixará de ser. Ele disse que o marketing do Botafogo é falido, fiquei chateado. Ele alegou uma série de questões e, se dizendo insatisfeito com o projeto, diante disso, fica difícil apoiá-lo. Ele entrou com uma ação pedindo ressarcimento e vamos nos defender", concluiu.

Você pode gostar