Além de Lucas, Seedorf também sente tornozelo e preocupa no Fogão

Além do lateral-direito, holandês também vem sentindo dores no tornozelo

Por O Dia


Rio - A derrota para o Grêmio trouxe muito mais prejuízos do que os três pontos perdidos. A delegação do Botafogo desembarcou ontem com uma péssima notícia. Lucas, que sofreu uma fratura causada por entrada dura de Zé Roberto durante a partida, terá que ser submetido a uma cirurgia no tornozelo esquerdo e não tem data para voltar a jogar. Cabisbaixo, o lateral chegou ao Rio sentado numa cadeira de rodas.

Lucas está afastado dos campos por tempo indeterminadoDivulgação

A ausência do jogador, que faz parte da espinha dorsal do Alvinegro, nas próximas rodadas do Brasileirão foi muito lamentada por Oswaldo de Oliveira.

“É uma perda muito grande para nós, né? É um jogador importantíssimo. Vamos ver se os substitutos conseguem manter o mesmo nível”, disse o treinador.

O zagueiro Bolívar, suspenso em 2011 por ter dado uma entrada que provocou séria lesão em Dodô, ex-jogador do Bahia, absolveu Zé Roberto pelo lance com Lucas.

“A gente sabe que todo jogador procura ser o mais leal possível. Todo mundo conhece o Zé Roberto e ele não tem essa característica de chegar firme. As coisas acontecem e ele deve estar chateado pela lesão e torcendo pela rápida recuperação do Lucas”, disse o General.

Para a vaga do lateral, Oswaldo tem duas opções. O jovem Gilberto, de 20 anos, iniciou a temporada jogando por conta de uma outra lesão do titular e teve boas atuações. Depois, acabou se contundindo também.
A outra possibilidade é a escolha por Edilson, que tem a experiência a seu favor. O lateral de 26 anos foi contratado junto ao Grêmio no decorrer do Carioca e já disputou cinco jogos pelo Botafogo.

Para tentar acelerar ao máximo o retorno de Lucas, o departamento médico correu e conseguiu marcar para amanhã a cirurgia. Como de praxe, não foi estipulada nenhuma data para a liberação do lateral-direito aos treinamentos.

Outro tornozelo que preocupa a todos no clube é o direito do craque Seedorf. O camisa 10 também sofreu uma entrada dura, só que do atacante Kleber, e deixou a Arena Grêmio com muitas dores no local. Ele retornou ao Rio antes do restante da delegação, na noite de domingo, e será reavaliado nesta quarta.

Zagueiro Dankler realiza exames hoje no clube

Após o fim do contrato com o Vitória, no domingo, Dankler desembarcou segunda à noite no Rio de Janeiro e nesta terça já inicia a bateria de exames no Botafogo. O jogador de 21 anos, visto como uma promessa, chega para ser o sétimo zagueiro do elenco alvinegro.

Sem dinheiro para contratações, a diretoria do clube utilizou sua “lábia” para convencê-lo a assinar um pré-contrato no início do ano. Sendo assim, bastou apenas o término de seu vínculo com o Rubro-Negro baiano para que ele viesse de mala e cuia para a Cidade Maravilhosa.

diretor de futebol do Vitória, Epifânio Carneiro, criticou a atitude do Botafogo, principalmente pelo fato de o Alvinegro ainda dever ao clube baiano cerca de R$ 800 mil referentes à contratação de Elkeson em 2011.