Seedorf analisa saída repentina de Vitinho

Jogadores tinham ótimo relacionamento no Botafogo

Por O Dia


Rio - A caminho da Rússia, o jovem Vitinho está prestes a deixar para trás o Botafogo e também Seedorf. Com uma boa relação com o craque alvinegro, o garoto sempre se mostrou feliz com a companhia do holandês e chegou a afiar que via o camisa 10 como um pai dentro do clube. Agora, às vésperas da despedida, foi Seedorf que comentou a relação e afirmou que entende a posição do jovem talento.

"Ele é engraçado (risos). Eu tenho que rir dele. Mas eu podia ser pai de vários lá dentro. É curioso, porque para mim é como se fosse ontem que estava naquela posição também, com 16 anos, começando. É muito legal. A gente tem um relacionamento muito legal. Aqui tem uma cultura de dar entrevista o tempo todo, no intervalo dos jogos. Vitinho está numa fase para se consolidar como jogador. Seu talento não está em discussão", disse Seedorf, que ainda comentou a polêmica atitude de ter evitado que Vitinho concedesse entrevista no intervalo da partida entre Botafogo e Vitória.

Vitinho e Seedorf tinham grande relação no elenco de OswaldoAndré Mourão / Agência O Dia

"Minha ação era natural e de entender a dificuldade de um jogador de manter o foco no intervalo. Enquanto você dá entrevista, você se desprende naquele momento do foco do grupo, que é o principal. Essas coisas são pontuais. Não vai acontecer nunca mais porque todo mundo aprende. Agora, ele dá entrevista, mas com outra consciência, sabendo que tem que manter o foco. E esse grupo aprende rápido. Uma vez que evolui, não volta para trás", concluiu.

A ida de Vitinho para o CSKA foi grande surpresa no Botafogo. A notícia se consolidou na última segunda-feira e o jogador deve embarcar para a Rússia ainda nesta terça para a realização de exames e assinatura de contrato.