Por rafael.arantes

Rio - Leve como uma pluma, mas pronto para dar um bote certeiro no primeiro vacilo da Raposa. Desta maneira, o Botafogo de Seedorf entrará em campo nesta quarta, às 21h50, no Mineirão, para a partida mais esperada do Brasileirão: o confronto com o líder Cruzeiro. Sem encarar o jogo como uma decisão, o craque alvinegro confia no bom retrospecto do time fora de casa — juntamente com o Inter, foi o que mais pontuou — para derrotar os mineiros e diminuir a diferença para apenas um ponto.

“Todo jogo fora, o Botafogo mostrou o seu valor e a capacidade de complicar a vida dos outros. Vamos tentar fazer o mesmo com muita humildade e tranquilidade. Não sentimos nenhuma pressão. Tudo o que alcançamos foi com muito trabalho no dia a dia e conseguimos superar muitas dificuldades que surgiram”, disse o camisa 10.

Seedorf quer Botafogo tranquilo para vencer o CruzeiroAndré Mourão / Agência O Dia

Nem mesmo o otimismo da torcida adversária, que já criou um site com contagem regressiva para o título, é capaz de tirar a concentração botafoguense.

Para um time que conseguiu superar todos os tipos de problemas na temporada, um duelo contra o primeiro colocado, mesmo sendo fora de seus domínios, não assusta. A única preocupação é com a qualidade do time dirigido por Marcelo Oliveira.

“Em termos de investimento, nem dá para comparar Cruzeiro e Botafogo. Estou muito feliz por termos conseguido nos manter neste nível. Convencemos com nosso trabalho e sabemos que faltam muitos jogos. Só no fim do ano, quando fizermos as contas, saberemos se vamos celebrar com o título”, declarou Seedorf.

Na véspera do jogão, Oswaldo de Oliveira optou por descansar os titulares. Apenas Jefferson e Lodeiro, que não enfrentou o Santos por estar suspenso, apareceram no gramado. O restante da equipe fez um trabalho na academia. O zagueiro André Bahia, que irá substituir Dória, que levou o terceiro cartão amarelo, também treinou no gramado com os reservas.

Você pode gostar