A força do professor

Seedorf recebe faixa de apoio e Oswaldo manda recado: ‘Pra cima deles, vamos com tudo’

Por O Dia

Pernambuco - Um cartaz exibido no protesto com pouco mais de dez torcedores na entrada do Engenhão, na tarde de ontem, traduz bem o sentimento da torcida do Botafogo: “Reage, Seedorf”. Nesta quarta, às 21h50, contra o Náutico, na Arena Pernambuco, o camisa 10 completa sua 70ª partida com a camisa alvinegra e tem a chance de mostrar que pode voltar a render como antes, ainda mais com a injeção de ânimo recebida com a visita do técnico Oswaldo de Oliveira.

Seedorf tenta voltar a boa faseCarlos Moraes / Agência O Dia

O treinador está sendo submetido a exames para que os médicos tenham a certeza de que a arritmia cardíaca sofrida na derrota para o Grêmio foi apenas um susto. Por isso, ele não viaja com a delegação. De surpresa, o comandante passou para dar seu recado aos jogadores, ontem, antes do duelo com o Timbu.

“Para cima deles, vamos com tudo. A gente lutou muito para chegar até aqui e temos forças para dar a volta por cima. Eu aposto e confio neste grupo que já mostrou que é capaz de se superar. Vou ter que assistir ao jogo de casa, pela TV, mas meu pensamento e este coração valente aqui estará com vocês lá em Pernambuco”, disse Oswaldo aos comandados.

Brincalhão, o treinador arrancou risadas de todos e garantiu que, mesmo estando longe, não vai dar moleza para quem não cumprir o combinado dentro de campo. “Se vocês ficarem com saudade, podem me ligar. Vou dar bronca pelo viva-voz do telefone”, brincou.

Um jogador, em especial, pode levar a felicidade de volta ao coração de Oswaldo de Oliveira. Homem de confiança do treinador, Seedorf está sendo contestado pela primeira vez desde que chegou ao Botafogo.

Não só o técnico como todos no clube esperam por uma reação do craque, principalmente depois das vaias recebidas na derrota para o Grêmio, na última rodada. Sem vencer no Brasileirão há cinco jogos, contra o lanterna, tanto o holandês quanto todo o time têm a chance de dar a volta por cima.

Luiz Alberto comanda o time

Amigo de Oswaldo de Oliveira desde a adolescência e trabalhando junto dele há cerca de 20 anos, o auxiliar Luiz Alberto foi o escolhido para dirigir o time nesta quarta, na Arena Pernambuco. No primeiro turno, ele exerceu a função quando o treinador foi expulso no fim do primeiro tempo contra a Lusa.

O ex-goleiro teve o auge de sua carreira no início da década de 80. Ele fazia parte do elenco do Flamengo campeão da Libertadores e Mundial em 1981 e do Brasileiro de 1983, ano que pendurou as chuteiras.

Assim que se aposentou, Luiz Alberto passou a trabalhar como preparador de goleiros e esteve junto com Oswaldo de Oliveira em diversos times, inclusive nos cinco anos de sucesso no futebol japonês. O Botafogo é o primeiro clube em que ele atua como auxiliar.