Mauricio Assumpção afirma que não será candidato a reeleição em 2014

Antes de concluir mandato, presidente quer terminar obras de um novo CT em Marechal Hermes

Por O Dia

Rio - Na presidência do Botafogo há seis anos, Mauricio Assumpção vai se despedir do clube no final do ano que vem. Com o atual mandato terminando em 2014, o dirigente quer deixar espaço para um novo mandatário para as próximas eleições.

Assumpção vai deixar presidência do Botafogo em 2014Divulgação

"A gente tem ainda um ano e meio pela frente, e um ano até as eleições é muito tempo. Mas eu acho que meu ciclo está finalizado, acabou, seis anos foram o suficiente. Foi bacana, emocionante e triste em alguns momentos. A perpetuação de determinadas pessoas no poder eu não acho benéfica. Tem de haver renovação, novas cabeças, pensamentos. Acho que meu ciclo está, depois do ano que vem, terminado", afirmou Assumpção, em entrevista à Rádio Brasil.

Porém, antes de deixar o cargo, o presidente alvinegro tem com objetivo concluir a construção de um novo centro de treinamento de Marechal Hermes, que abrigará a escola de futebol do Botafogo.

"Agora estamos pesquisando preços. São três empresas que já visitaram Marechal e vão nos dar o orçamento. Não é só demolir. Até o fim do meu mandato, o CT estará pronto. É o que falta, junto com o CT do profissional, para encerrar meu ciclo no Botafogo de forma definitiva. Acho que fica bonito e seria um legado importante a reestruturação da base e a entrega do CT", disse.