Seedorf lamenta: 'Com o estádio lotado poderíamos lutar por mais coisas'

Craque comenta a baixa presença dos torcedores alvinegros durante as partidas e analisa as consequências provocadas

Por O Dia

Rio - Na segunda colocação do Campeonato Brasileiro, o Botafogo ainda mantém viva a esperança pelo título nacional. No entanto, o craque alvinegro também abraçou uma questão já citada em outras ocasiões e, até mesmo, pelo presidente do clube: a ausência da torcida. Com uma baixa média de público durante seus jogos, o Glorioso vem sofrendo com a falta de apoio dos adeptos, o que poderia embalar a equipe em busca de lugares mais altos.

"Estou vendo que mudou um pouco essa cultura de ir para o estádio no Brasil. Ninguém ainda conseguiu me explicar bem o porquê disso. Com certeza nosso grupo fez muita coisa boa esse ano, se superando o tempo todo e, com certeza, com o estádio lotado a gente iria lutar por mais coisa", disse Seedorf ao Redação SporTV.

Seedorf lamenta ausência da torcidaMárcio Mercante / Agência O Dia

O tópico sobre a torcida alvinegra foi mesmo o grande assunto com Seedorf durante o programa. O craque, no entanto, não se limitou a comentar a situação e garantiu que com um apoio mais intenso o Botafogo poderia ir mais longe durante a temporada e explicou detalhadamente o motivo de tal pensamento.

"Claro que torcida ganha jogo. Pedimos várias vezes durante o ano esse apoio. Nosso torcedor não respondeu do tamanho que a gente precisava para ter a energia em casa, aquela coisa especial. Quando estávamos lutando nos primeiros lugares, a torcida do Cruzeiro lotava o estádio lá e, infelizmente, a gente não conseguia fazer a mesma coisa. Faz a diferença. Nenhum time consegue vencer ou fazer campanha importante sem torcida. Quando um cara tem que fazer um trabalho muito duro, fisicamente, sozinho, ele vai correr mais forte com gente incentivando. Esse é um aspecto científico. O estádio lotado faz o time crescer", concluiu.