Por fabio.klotz
Rio - O uruguaio Forlán encaminhou nesta quarta-feira sua rescisão com o Internacional, o que alimenta a esperança de a diretoria do Botafogo contar com um grande nome no clube para a disputa da Libertadores. No entanto, a chance maior é de que o atacante reforce o Cerezo Osaka, do Japão, que teria feito uma ótima proposta financeira ao craque da Copa de 2010.
Craque da última Copa do Mundo%2C Diego Forlán não conseguiu brilhar no Brasileirão e ficou muito tempo na reserva do InterDivulgação

Após a saída de Seedorf, todos no clube sabem que uma reposição à altura será praticamente impossível, ainda mais dentro do novo contexto financeiro do Alvinegro. O nome de Forlán é considerado o ideal para substituir o holandês, mas a diretoria não se vê em condições de pagar os R$ 700 mil mensais referentes ao salário do ex-camisa 10 no Inter.

Hyuri deixa o clube
Publicidade
Treinando com os novos companheiros desde sábado, em Saquarema, o volante Bolatti só foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira. O argentino confessou que a disputa da Libertadores foi um grande atrativo para que aceitasse a proposta do clube.
“Foi uma grande motivação, sim. Todos querem jogar a Libertadores, mas outras coisas também me interessam. O clube vem fazendo um grande trabalho, brigou pelo Brasileiro no ano passado e tem jogadores de renome”, disse Bolatti.
Publicidade
Durante a pré-temporada em Saquarema, o volante não tem desgrudado do uruguaio Lodeiro e de seu compatriota El Tanque Ferreyra, que ainda não foi apresentado oficialmente. Para ele, o fato de falarem espanhol acelera o entrosamento.
O Botafogo não poderá mais contar com Hyuri. O jogador, que pertence ao Audax, fechou com o Guizhou Renhe, da China. Como tinha contrato até maio, o Alvinegro vai receber uma compensação financeira. Outro que pode dar adeus é Rafael Marques, que também tem proposta do futebol chinês.