Por rafael.arantes

Rio - Precisando vencer por dois gols de diferença para avançar à fase de grupos da Libertadores, o Botafogo quer entrar com uma postura mais ofensiva diante do Deportivo Quito, nesta quarta, no Maracanã, e deve ter o jovem Daniel como a novidade na sua escalação. O jogador de apenas 18 anos entrou no meio-campo durante a atividade realizada em campo reduzido no Engenhão. Wallyson também foi testado na segunda parte do treino.

Eduardo Hungaro vai apostar no jovem DanielUanderson Fernandes / Agência O Dia

Já o argentino Bolatti, recuperando-se de inflamação num dedo do pé direito, seguiu sem treinar com bola e deve ficar fora do confronto, que é considerado “o jogo do ano” para o Alvinegro. Airton, que se recupera de lesão, também fez um trabalho separado no Engenhão. Assim, o time titular contra o Deportivo Quito deve ter Jefferson, Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro, Jorge Wagner e Daniel; Ferreyra.

No grupo, a ordem é entrar em campo sem medo de mostrar seu futebol, depois da derrota por 1 a 0 no jogo de ida, no Equador. “Temos que ser mais ofensivos, mais ousados. Não podemos deixar a alegria de lado, temos de estar alegres para poder lutar, marcar, arriscar uma jogada mais difícil e que possa surpreender. Se entrarmos no jogo deles vamos ser prejudicados. Vamos modificar isso para surpreender e sair com a vitória e a classificação”, afirmou o volante Gabriel.

O Botafogo precisa vencer por dois gols de diferença. Se ganhar por 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Qualquer outro resultado dá a vaga para a fase de grupos aos equatorianos. Quem avançar entrará no Grupo 2 da Libertadores, que tem San Lorenzo, Unión Española e Independiente del Valle.

Você pode gostar