Por pedro.logato

Rio - Apenas trinta e cinco dias se passaram em 2014 e o Botafogo já define nesta quarta como será o restante de seu ano. Se ganhar o Deportivo Quito por dois gols de diferença, às 22h, no Maracanã, o Alvinegro dará aos torcedores a possibilidade de sonhar com o inédito título da Libertadores. Caso a classificação não venha, uma nuvem negra pousará sobre General Severiano e dificilmente sairá de lá até o fim da temporada.

Dos 12 times brasileiros que disputaram a primeira fase da competição, apenas o Corinthians não conseguiu avançar à etapa de grupos. Ronaldo e companhia foram eliminador pelo modesto Tolima, da Colômbia, em 2011.

Eduardo Hungaro tem apoio no BotafogoMárcio Mercante / Agência O Dia

Para manter as estatísticas favoráveis, Eduardo Hungaro quer encurralar os equatorianos. A entrada de mais um atacante, Wallyson, ao lado do grandalhão El Tanque Ferreyra, foi a solução encontrada pelo treinador para pressionar durante os 90 minutos, mas sem afobação.

“Temos que fazer primeiro o primeiro gol para depois pensar no segundo. Acho precipitado falar que precisamos de 2 a 0. Se for 1 a 0, vamos decidir nos pênaltis. Claro que vamos fazer de tudo para evitá-los, mas temos que fazer uma coisa de cada vez e buscar o placar de forma organizada” disse Hungaro.

O resultado do jogo de logo mais terá influência em todos os âmbitos do Botafogo na sequência do ano. Desde a saúde financeira até a permanência do novo técnico dependem da classificação. Depois de 18 anos, a torcida não quer nem pensar na possibilidade do time deixar escapar a chance de voltar à disputa da Libertadores.

Técnico conta com o apoio da galera

Pela primeira vez, Eduardo Hungaro irá comandar Botafogo no Maracanã repleto de alvinegros. O treinador confia que a torcida será o diferencial no jogo desta quarta.

“Antes de torcer, a galera vai jogar junto com a gente. Ela sabe que vamos precisar muito dela. Espero que minha estrela brilhe”, afirmou Hungaro.

Até o fim da tarde de ontem, mais de 35 mil ingressos haviam sido vendidos. Os alvinegros prometem grande festa com direito a mosaico e muito apoio para o Botafogo reverter a vantagem dos equatorianos.

Você pode gostar