Por pedro.logato

Rio - Revelado nas categorias de base do Botafogo, Renan sempre foi considerado uma grande promessa para o gol alvinegro. Porém, desde 2009, Jefferson é inconstestável na posição. Com 24 anos, o arqueiro admite que a falta de chances pode o levar a procurar uma outra equipe.

Renan pensar em sair do BotafogoDivulgação

"O pensamento sempre foi estar jogando mais. O Jefferson é o melhor do Brasil, é o titular. Penso em mim, no meu espaço, em de repente ter mais oportunidade para jogar. Não descarto uma possível saída. Já conversei com a diretoria do Botafogo, ela entende meu lado. Não adianta sair para qualquer lugar. Até o momento não apareceu nenhuma proposta. Se aparecer, vou ver com a diretoria se é melhor sair ou não", afirmou em entrevista à Rádio Brasil.

Recentemente, alguns goleiros que foram reservas durante muito tempo no futebol carioca deixaram suas equipes para procurar novos ares. Casos de Ricardo Berna que saiu do Fluminense e foi para o Náutico e também de Marcelo Lomba, ex-Flamengo, que acertou com o Ceará. Renan admite que isso pode ser um motivador a mais.

"A gente tem alguns exemplos aí, como o do Ricardo Berna, que fazem a gente pensar (em não sair). Tem outro lado, que é o caso do Marcelo Lomba, no Bahia. Isso mexe comigo. Faz eu pensar, com calma, junto com a diretoria. Sair para qualquer time não adianta. Tem de sentar, concordar todo mundo e seguir a vida. Tem de ser de forma equilibrada", concluiu.

Você pode gostar