Por fabio.klotz

Rio - A segunda-feira será de correria e muitas negociações para a diretoria do Botafogo. A cúpula de futebol fará de tudo para acertar com o novo técnico. Ney Franco se tornou a primeira opção, mas Vagner Mancini e Jorginho também estão em pauta.

Ney Franco já trabalhou no Botafogo e é o favorito para ocupar a vaga que era de HungaroDivulgação

Os dirigentes também irão retomar as conversas com Ney Franco, técnico que dirigiu o time entre 2008 e 2009 - torcem para que o Vitória o libere após a perda do título baiano para o Bahia.

Ney Franco tem uma boa relação com Maurício Assumpção, que o manteve no cargo quando assumiu a presidência em seu primeiro mandato, mesmo ele tendo sido contratado pelo antecessor Bebeto de Freitas.

Na passagem pelo clube, o técnico dirigiu o Alvinegro em 74 partidas, com 34 vitórias, 17 empates e 23 derrotas, totalizando um aproveitamento de 54%. Caso o time baiano não aceite liberar Ney, a diretoria partirá para o plano B, chamado também de Vagner Mancini. Desempregado desde o fim do ano passando, quando pediu aumento e não teve seu contrato renovado com o Atlético-PR, o técnico não gostou do que lhe foi oferecido nas primeiras conversas, mas pode negociar.

Você pode gostar