Buscando um recomeço, Botafogo enfrenta o Sport na Ilha do Retiro

Em 13º no Brasileiro e com salários atrasados, Alvinegro busca vitória sobre equipe pernambucana para diminuir pressão

Por O Dia

Pernambuco - Navegando em águas revoltas, o Botafogo faz das tripas coração para que problemas externos não o desviem do objetivo de se recuperar no Brasileiro. Árdua missão para quem sofre com dois meses de salários atrasados e está em vias de completar o terceiro no dia 20 — além de mais cinco de direito de imagem. Mas a busca pela calmaria é a missão de um grupo fechado com Vagner Mancini e que ocupa a 13ª posição, com nove pontos. Não há melhor forma de cobrar seus direitos do que obtendo uma vitória nesta quarta-feira sobre o Sport, às 19h30, na Ilha do Retiro. Resultado para lavar a alma.

“Talvez nosso tempo de preparação (durante a Copa) não tenha sido ideal. Tivemos muitas dificuldades, mas ganhamos como equipe. Ainda não será o melhor contra o Sport, mas evoluiremos a partir da segunda metade do Brasileiro”, analisou Mancini.

Sob o comando de Vagner Mancini, Botafogo quer vitória sobre o SportDivulgação

Ora treinador, ora apaziguador, o comandante alvinegro espera que sua equipe aplique contra o Sport tudo que foi trabalhado nas últimas semanas e deixe de lado, por enquanto, os problemas.

“Embora eles estejam no seu direito, temos que treinar e jogar. Fui treinador e mediador e acho que precisamos atingir nossos objetivos em campo. A equipe sabe separar os problemas”, disse Mancini. “É fazer a nossa parte e esperar que a diretoria faça a dela”.

Duas Novidades

Ainda sem Jefferson, o treinador dará uma chance ao jovem goleiro Andrey. No ataque, Carlos Alberto será poupado para o segundo tempo da partida contra o Leão e Yuri Mamute fará sua estreia. O jogador está emprestado pelo Grêmio até o fim de 2015.

Rogério pode ser anunciado

Trocado pelo zagueiro uruguaio Mario Risso e o atacante Sassá, Rogério, do Náutico, pode ser o terceiro reforço do Botafogo após a parada para a Copa. O atacante realiza hoje exames médios e, se for aprovado, assinará contrato de seis meses de empréstimo.

“Existe a chance de ele se apresentar e fazer os exames. Quando isso acontecer vamos poder falar dele”, despistou Mancini.

Rogério, de 22 anos, vem para ajudar num setor carente do time. O treinador ainda confessou que esperava por mais nomes, mas a dificuldade financeira travou as contratações.