Crise no Botafogo faz atletas comerem na concentração, afirma Jefferson

Salários atrasados interferem nas refeições na casa dos jogadores, que possuem almoço e janta no clube

Por O Dia

Rio - A crise financeira no Botafogo ainda persiste. O goleiro Jefferson, durante sua participação no programa 'Redação SporTV', admitiu que existem jogadores no Glorioso que, por dificuldades em casa, estão se alimentando na concentração.

Jefferson revelou que os jogadores do Botafogo se alimentam no clubeMárcio Mercante

"Se eu falar tudo aqui, vocês vão se assustar. Tem jogadores indo para a concentração para comer, porque tem almoço, janta; jogadores que entregaram o carro", disse o capitão do Botafogo, que também lembrou da situação dos funcionários do clube.

"Isso influencia os funcionários. Dependemos de médicos, fisioterapeutas, e quando isso acontece (salários atrasados), os funcionários não têm a mesma motivação para trabalhar. Tem funcionário que entregou a casa onde morava", comentou.

Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O goleiro falou que o atual presidente, Maurício Assumpção, e demais diretores do clube não têm relacionamento com o elenco. Apenas Gottardo estaria próximo dos atletas.

"A cobrança parte somente dos jogadores, praticamente não temos contato com a diretoria, apenas o Gottardo, que chegou há pouco tempo. Tentamos arrumar força de todos os lados", disse o goleiro.

Lucas foi o primeiro jogador do Botafogo a entrar na Justiça contra o clube. O Glorioso deve dois meses de salários na Carteira de Trabalho e mais seis meses nos Direitos de Imagem.