Por rodrigo.hang

Rio - O Botafogo ganhou mais um desfalque de última hora para o jogo contra o São Paulo, nesta quarta-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O principal jogador do time, Emerson Sheik, deixou a delegação alvinegra e retornou ao Rio de Janeiro por causa de uma forte amigdalite, que o tirou do confronto. O atacante passou a madrugada em uma clínica da capital federal fazendo exames. 

Sheik gera nova dor de cabeça para Mancini escalar o time do BotafogoEstadão Conteúdo

Sheik já estava sentindo incômodo na garganta na terça-feira, mas chegou a viajar, acreditando que poderia estar em campo para o jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O quadro clínico do camisa 7 preocupa também para a partida deste domingo, contra o Internacional, em Porto Alegre.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Além de Sheik, Vagner Mancini não poderá contar com outros jogadores importantes. Daniel, Edílson e Bruno Corrêa estão no departamento médico, Jefferson está representando a seleção brasileira e ainda não retornou ao Brasil após dois amistosos nos Estados Unidos, e Carlos Alberto e Marcelo Mattos estão fazendo recondicionamento físico. Ramírez, Bolatti e Dankler cumprem suspensão automática. 

Com o problema inesperado com Sheik, o técnico Vagner Mancini deve escalar o argentino Tanque Ferreyra no time titular já desfigurado por causa das ausências. 

Você pode gostar