Por fabio.klotz

Rio - Bolívar não foge da responsabilidade de líder do grupo. O zagueiro do Botafogo admite que o clube vive situação incômoda no Brasileiro e que a torcida não está satisfeita. O jogo contra o Goiás, nesta quinta-feira, às 19h30, no Maracanã, é encarado como oportunidade de retomada.

Bolívar mira retomada do Botafogo a partir do jogo contra o GoiásDivulgação

"Nosso torcedor não está muito contente com a equipe. Sabemos disso e temos a obrigação de dar um retorno imediato. Esse retorno tem de ser contra o Goiás... Com o apoio deles e com uma vitória amanhã (quinta-feira), esperamos ter um bom público no domingo (contra o Grêmio, no Maracanã", disse o zagueiro.

LEIA MAIS: Após pisar em Pato, Airton pega dois jogos de gancho

O fator Maracanã é aliado para o time emplacar uma sequência de vitórias e subir na tabela do Brasileiro.

"Precisamos vencer e dentro de casa é nossa obrigação. Nas últimas partidas, tirando contra o Criciúma, tivemos muitas dificuldades, com jogadores a menos... É uma nova etapa e teremos praticamente todos os jogadores à disposição. Isso é importante e o Botafogo precisa somar pontos urgentes em casa", alerta Bolívar.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Uma novidade no Botafogo pode ser o retorno de Jobson. O atacante ganhou elogios de Bolívar: "Acho que todo ser humano precisa de um apoio, de um carinho e ele encontrou isso aqui. Desde a sua chegada no grupo principal, desde o primeiro treinamento, cada jogador procura demonstrar uma atenção especial. Sabemos que ele pode nos ajudar muito dentro de campo, tem muita determinação. Ele dá muito trabalho para os zagueiros, já o enfrentei e é um jogador de muita qualidade. Mostrou que está merecendo uma chance e esperamos que possa nos ajudar mais na frente."

Você pode gostar