Por edsel.britto

Rio - Em menos de uma semana no Botafogo, o lateral-direito Régis já conseguiu conquistar a confiança do técnico Vagner Mancini. Apresentado oficialmente nesta segunda-feira no Engenhão, depois ter estreado contra o Vitória. O jogador chega para assumir a vaga deixada por Edilson e Lucas que deixaram o clube.

Lateral-direito Régis foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira no BotafogoVitor Silva / SS Press

No treino desta segunda-feira, Régis treinou novamente no time titular e deve entrar jogando no confronto com o Palmeiras, quarta-feira, no Maracanã. Ciente da responsabilidade e da má fase dentro e fora do campo do Botafogo, o jogador diz estar preparado para aproveitar a maior oportunidade da sua carreira.

"Estou muito feliz de fazer parte deste projeto do Botafogo. Estou disposto a contribuir nesta fase complicada. Espero que seja uma caminhada de alegrias para mim e para o Botafogo. Jogador não escolhe momento para estar em um grande clube. Não pensei duas vezes, foi uma meta que tracei para minha carreira. Independente da situação, é uma realização para mim. Quero mostrar minha identidade e ajudar o time a se superar. É preciso queimar etapas e me adaptar o mais rápido possível", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Wilson Gottardo, gerente de futebol alvinegro, elogiou o desempenho do lateral no jogo de estreia e disse que é um jogador com o perfil procurado pela diretoria: "É um atleta que está buscando seu espaço, que quer se projetar e tem lastro para isso. É um especialista na lateral. Foi observado, analisado e tem a nossa confiança. Apesar o desentrosamento, mostrou ousadia e qualidade em sua estreia. Estamos felizes de ter um jogador deste perfil no elenco."

Após um bom jogo de estreia contra o Vitória no Barradão, Régis diz que sentiu a vontade em campo e que ficou feliz com os elogios de Vagner Mancini. O lateral disse que a torcida pode esperar bastante ofensividade dele: "Acho que fiquei à vontade na minha primeira partida, apesar da pressão. Tenho características ofensivas, mas, no segundo tempo, precisei me resguardar mais por uma estratégia de jogo. Consegui criar duas chances para o time fazer gol. Vi o que o Mancini falou de mim e fiquei feliz. Sei da carência do time na posição e tentei aproveitar da melhor maneira possível."

Régis disse que quer aproveitar a maior chance da sua carreiraVitor Silva / SS Press

Na quarta em seu primeiro jogo no Maracanã diante da torcida alvinegra, Régis sabe que terá um adversário direto na luta pelo rebaixamento em jogo crucial para o Botafogo se manter vivo no campeonato: "A partida de quarta será mais uma decisão das muitas que temos até o fim. Vamos com seriedade e respeito ao Palmeiras, que também está em situação difícil. Temos que fazer do Maracanã nossa casa para conseguimos um resultado positivo e sairmos da zona de rebaixamento."

O Botafogo é o 19º colocado no Campeonato Brasileiro com 26 pontos. Na próxima quarta-feira, o Alvinegro recebe o Palmeiras, adversário direto na briga pelo rebaixamento, às 19h30, no Maracanã.

Reportagem Edsel Britto

Você pode gostar