Com fé na recuperação, Botafogo encara o Corinthians

Sem Jobson, o Glorioso precisa superar o Timão e o desespero na luta para fugir da Série B

Por O Dia

Amazonas - Para evitar o conformismo com a atual situação, Vagner Mancini tenta ressuscitar o Botafogo neste sábado, às 18h30, contra o Corinthians, na Arena Amazônia, em Manaus. O Alvinegro, que mais uma vez não poderá contar com Jobson, precisa desesperadamente de uma vitória para deixar a lanterna do Campeonato Brasileiro.

O panorama é dos piores, mas o time precisa encontrar forças para evitar o pesadelo de novo rebaixamento. Nas contas da comissão técnica, seis vitórias nas últimas 11 rodadas evitam a queda.

Botafogo precisa bater o CorinthiansDivulgação

O grande problema é o rendimento técnico da equipe. Nas últimas três partidas pelo Brasileiro, foram três derrotas com atuações fracas, que desanimaram os torcedores mais otimistas — duas delas para adversários diretos na briga da parte de baixo da tabela.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

A confiança se encontra abalada, ainda mais depois que o presidente Maurício Assumpção demitiu Bolívar, Edilson, Julio Cesar e Sheik, jogadores experientes e que não se escondem em momentos críticos.

Diante do Corinthians, Mancini não poderá contar com Ramírez e Carlos Alberto, suspensos, e Airton e Fabiano, lesionados. Os escolhidos para substituí-los só serão definidos pelo técnico pouco antes do jogo. O jovem volante Andreazzi pode ganhar uma chance, assim como atacante Murilo.

Jobson fica fora por cautela da diretoria. O STJD negou uma liminar que garantia a escalação do jogador sem punição futura ao clube.</CW> Para piorar, o elenco viveu mais uma semana de espera pelo pagamento de um mês de salário na carteira, mas a Justiça indeferiu a ação do Sindeclubes, que buscava desbloqueio de R$ 2,5 milhões. Há a expectativa de que esse dinheiro seja liberado na segunda-feira.