Por victor.abreu

Minas Gerais - A derrota do Botafogo para o Cruzeiro pode render mais prejuízos ao Glorioso. Expulso de campo, o técnico Vagner Mancini teria xingado o auxiliar Emerson de Almeida Ferreira. O caso foi relatado pelo árbitro Elmo Alves Resende na súmula do jogo e o comandante alvinegro pode ser denunciado no STJD.

Mancini pode ser punido pelo STJDDivulgação

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

“Informo que aos 33 minutos do primeiro tempo, o técnico da equipe do Botafogo, sr. Wagner Carmo Mancini, foi excluído da partida por; no momento em que o jogo estava paralisado o mesmo abandonou sua área técnica e foi em direção ao 4 árbitro: Emerson de Almeida Ferreira , com dedo em riste proferindo os seguintes dizeres: "você não está me ouvindo!"; " você é um bosta!";" não vale nada!"!, "estou falando com você...você tem que olhar para mim!"; "quero você lá no vestiário!"; "você é um m..!"; "estou te esperando lá em baixo! (sic)”, publicou o árbitro.

A súmula ainda relatou a presença de telefones celulares, que são proibidos, no banco de reservas do Botafogo.

“informo-vos que aos 34 minutos do segundo tempo, por informação do delegado especial da partida sr. juliano lopes lobato, foi constatado em poder do massagista/fisioterapeuta da equipe do botafogo f.r., sr. Fábio Cesar de Souza Azevedo, 02 (dois) aparelhos comunicadores (celulares), que ficaram retidos em poder do delegado da partida até o término do jogo; sendo devolvidos em mãos do próprio detentor(sic)”, concluiu o árbitro.

Você pode gostar