Por pedro.logato
Publicado 04/11/2014 20:16 | Atualizado 04/11/2014 22:09

Rio - Após a derrota para o Cruzeiro no último domingo, o Botafogo voltou a treinar nesta terça-feira, no Engenhão. Cinco titulares foram poupados por sentirem dores musculares. Carlos Alberto, Junior Cesar, Andreazzi, Murilo e Dankler não foram a campo, realizando apenas um leve trabalho físico na academia. A atividade no campo foi comandada por Vagner Mancini e acompanhada de perto pelo gerente de futebol Wilson Gottardo e pelo presidente Maurício Assumpção.

Maurício Assumpção e Wilson Gottardo marcaram presença em treinoMárcio Mercante

Desfalques importantes na última rodada, André Bahia e Wallyson também não participaram do treino e continuam no departamento médico. No campo anexo do Engenhão, Mancini organizou um trabalho com dimensões sem esboçar a equipe que encara o Atlético-PR, no sábado.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O fato curioso foi a presença, pela primeira, vez de Durcesio de Mello, vice-presidente da Chapa Azul, encabeçada por Thiago Cesário. O candidato, que é apoiado pelo ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, conversou com Assumpção e Gottardo e acompanhou o treinamento ao lado de ambos.

Com 33 pontos, o Alvinegro ocupa a 18° posição na tabela do Campeonato Brasileiro. Próximo duelo da equipe carioca será neste sábado, contra o Atlético-PR, às 21h, no Raulino de Oliveira.


Colaborou Jéssica Rocha

Você pode gostar