De olho no Figueirense, Murilo diz que não tem partida fácil para o Botafogo

Atacante afirma que elenco tem que focar em resultados positivos para tirar o Glorioso da zona de rebaixamento

Por O Dia

Murilo só pensa no jogo contra o FigueirenseAndré Mourão

Rio - Na 18ª posição do Brasileirão, com 33 pontos, o Botafogo segue brigando para deixar a zona e escapar do rebaixamento. Para o atacante Murilo, que ganhou a confiança do técnico Vagner Mancini, o Glorioso não terá vida fácil nos últimos quatro jogos para o fim do campeonato. 

"Na minha opinião todos os jogos serão difíceis. Vamos pensar primeiro no Figueirense e creio que nessa altura do campeonato não tem jogo fácil para a gente", disse o jogador.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O Botafogo enfrenta o Figueirense nesta quarta-feira, às 19h30, em São Januário. Mesmo com a partida na casa do arquirrival Vasco, Murilo não mostra preocupação e foca no resultado positivo para a equipe alvinegra.

"Acho que não tem diferença (jogar em São Januário). Nossa proposta, independentemente de campo, é esquecer essas coisas e focar no resultados que precisamos. Para mim que gosto de jogar aberto, se pudesse escolher, seria um campo grande. No futebol não temos que nos preocupar com isso e sim no que precisamos fazer nesses quatro últimos jogos", concluiu Murilo.