Novo presidente afirma que vai tentar reintegrar dispensados ao Botafogo

Carlos Eduardo vai tentar que Sheik, Edilson, Julio Cesar e Bolívar participem dos últimos dois jogos do clube no Brasileiro

Por O Dia

Rio - Em um dos anos mais complicados da sua história, o Botafogo elegeu nesta terça-feira o seu novo presidente. Trata-se de do administrador Carlos Eduardo Pereira, de 56 anos. Derrotado por Maurício Assumpção em 2011, ele terá a responsabilidade de traçar um novo caminho para o Alvinegro para os triênio de 2015, 2016 e 2017. Foram 1.224 sócios, que participaram do pleito em General Severiano, que durou das 9 ás 21 horas.

Edilson%2C Sheik%2C Bolívar e Julio Cesar podem voltar ao BotafogoMárcio Mercante

Antes mesmo de ser anunciado oficialmente como o vencedor das eleições, Carlos Eduardo já era cumprimentado pelos seus três adversários. Ao comentar sobre qual vai ser o seu primeiro ato como presidente, ele afirmou que vai tentar rever a dispensa de Edilson, Bolívar, Emerson Sheik e Julio Cesar.

"Vou procurar saber se se houve a ruptura do vínculo, ou apenas a dispensa dos atletas. Caso não tenham rescindido o contrato, nós vamos tentar fazer com que eles joguem os dois últimos jogos, não podemos aceitar se o rebaixamento ainda não aconteceu", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

A vitória do novo presidente veio com 442 votos. Logo atrás, Thiago Cesário Alvim com 347 votos, Marcelo Guimarães com 234 votos e Vinicius Assumpção com 200 votos. Houve 2 votos nulos.


Colaborou Edsel Britto