Botafogo pode ter patrocínio penhorado

Empréstimo de ex-presidente dava contrato futuro como garantia

Por O Dia

Rio - O ex-presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, deixou mais uma conta para a atual diretoria. Além de sair com todas as receitas penhoradas, o que já foi resolvido pelos novos diretores, Assumpção pediu empréstimos a um grupo de pessoas físicas e deu como garantia o próximo acordo de patrocínio. Como o Alvinegro acertou com a Viton 44 por R$ 9,5 milhões, os credores cobram o pagamento da dívida.

Botafogo segue com crise financeira André Mourão

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O atual presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, está revoltado com a situação.“Recebemos uma notificação de credores que se acham no direito de ter parte do nosso patrocínio de 2015. Vamos ver se entrou esse dinheiro, como foi feita a operação. Se os poderes do clube foram ouvidos, se o antigo presidente tinha poderes para realizar esse empréstimo”, disse o presidente.