René sobre o reencontro com Jobson: 'Se não mudou, não serve para nada'

Novo treinador do Botafogo afirmou que não terá paciência com o atacante que trabalhou junto em 2011 no Bahia

Por O Dia

Rio - Recém-chegado no Botafogo, o treinador René Simões já teve que falar sobre um assunto bastante polêmico: Jobson. O atleta, de 26 anos, tem contrato com o Alvinegro até o meio de 2015. Antes mesmo de conversar com o atleta, o comandante afirmou que o atacante terá que mostrar bastante para provar que merece uma outra oportunidade.

René Simões foi bem sincero ao falar sobre JobsonBruno de Lima / Agência O Dia

"Ele não está encaixado no meu trabalho ainda, terá de provar que mudou. Se não mudou, comigo não resolve nada, não serve para nada. Ele terá de ter uma transformação. Vamos ver se tem capacidade para isso", afirmou em entrevista à Fox Sports.

René Simões trabalhou com Jobson em 2011, no Bahia, quando o atacante foi dispensado por atos de indisciplina. Segundo René, na época, o atacante mostrou problemas disciplinares que não vão ser tolerados no Glorioso.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

"Tive uma paciência muito grande (com Jobson) no Bahia, que não teria aqui no Botafogo, porque o Botafogo não terá tempo. O Botafogo não pode perder tempo, temos que recuperar o Botafogo. O clube não tem que ser clínica de reabilitação para este ou aquele. "Ah, vou dar chance para este. Ah, vou dar chance para aquele" Não. O jogador que entrar aqui terá de ter sede e fome para que o Botafogo volte à Primeira Divisão. É isto que a torcida espera. Então, não tem essa de que faremos uma clínica, que vamos dar um apoio... Nada disso. Ou quer ou não quer. Ponto e basta", concluiu.