Presidente pede paciência a torcida e diz que a prioridade é manter Jefferson

Goleiro alvinegro negocia a dívida que clube tem com ele

Por O Dia

Rio - A ausência de reforços já começa a preocupar a torcida do Botafogo, ainda bastante machucada com o rebaixamento. Além disso, os torcedores ainda tiveram que ver o clube perder alguns dos poucos jogadores que se salvaram no ano, caso do volante Gabriel, que foi para o Palmeiras, e do zagueiro André Bahia, que retornou ao futebol japonês. Em entrevista à Fox Sports, o presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira procurou acalmar os torcedores garantindo que o Glorioso tem focado todos os seus esforços para manter o maior ídolo atual do Alvinegro, o goleiro Jefferson, na equipe.

Jefferson ainda não sabe se vai continuar no BotafogoDivulgação

"O Jefferson é uma prioridade nossa desde a campanha eleitoral. É jogador de Seleção Brasileira e precisamos de um ídolo, e nós já temos o nosso. Ele tem uma ligação muito grande com a torcida, já sinalizou que quer ficar. Na primeira metade de janeiro, quando tivermos receitas desbloqueadas devido a volta ao Ato Trabalhista, vamos sentar com o jogador e discutir a permanência dele. Nosso empenho será total", disse.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

De acordo com o presidente, antes de tudo, a intenção é negociar a dívida que o clube tem com o goleiro e ainda estender o vínculo do jogador, que se encerrará em 31 de dezembro de 2015, por mais dois anos. Em 2014, Jefferson enfrentou muitos problemas com a antiga diretoria por reclamar dos atrasos salariais. Além de tentar a permanência de Jefferson, o Botafogo negocia a renovação do contrato de Helton Leite.