Botafogo corre contra o tempo para contratar e formar o elenco para 2015

Zagueiro Alisson pode ser o primeiro reforço; Rodrigo Pimpão e Bruno Rangel são outros nomes que interessam ao clube

Por fabio.klotz

Rio - O desastroso ano alvinegro terminou, mas não está nada fácil garantir um feliz 2015. Afogado em dívidas e com pouco dinheiro em caixa, a diretoria do Botafogo inicia a nova temporada sem novidades e corre contra o tempo para contratar reforços que cheguem antes da apresentação do elenco, marcada para o dia 8.

Rodrigo Pimpão está na mira do BotafogoAndré Mourão

Além de tentar reformular um elenco em pedaços para a disputa da Série B do Brasileiro - 20 jogadores deixaram o clube desde o rebaixamento -, o Botafogo tem como prioridade manter seu principal astro: Jefferson. O goleiro negocia com os dirigentes uma dívida antiga, mas o anúncio de sua permanência no clube deve sair em breve.

LEIA MAIS: Antônio Lopes mostra otimismo em manter Jefferson: 'Quase certeza'

Em relação às contratações, a diretoria tem avaliado vários nomes oferecidos e conta com a ajuda de empresários. O primeiro reforço a ser anunciado deve ser Alisson. O zagueiro do Paraná, 20 anos, depende da realização de exames médicos para assinar contrato de empréstimo de um ano.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Outros nomes que interessam são os de Bruno Rangel, da Chapecoense, e Rodrigo Pimpão, do América-RN. O Botafogo já conversou com os dois, mas as contratações não são simples. O clube catarinense quer receber a multa rescisória, em torno de R$ 1 milhão, o que dificulta a negociação. Já Pimpão teria valores que se encaixam no desejado pelo Alvinegro, mas há outros clubes na disputa pelo atacante.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia