Teimosia que valeu a pena

Mesmo com propostas de clubes da Série A, Rodrigo Pimpão se mostra feliz com oportunidade no Botafogo

Por O Dia

Rio - O apelido remete à infância, mas Rodrigo Pimpão, 27 anos, tem personalidade suficiente para decidir seu próprio futuro. Com outras propostas, até mais sedutoras, por causa de seu desempenho individual pelo América-RN em 2014, o atacante bateu o pé durante as negociações e escolheu o Botafogo como destino. E a cada dia que passa está mais convicto de sua decisão.

“Interferi nas negociações. Tinha proposta de clubes da Série A. Acho que, ao chegar aqui, percebi que fiz a escolha certa e não me arrependo. Hoje eu sou um cara muito feliz e agradecido pelo carinho e dedicação dos profissionais que aqui estão”, afirmou Pimpão em sua apresentação oficial, duas semanas após iniciar os treinos pelo novo clube.

Rodrigo Pimpão se diz feliz com oportunidade de vestir a camisa do BotafogoErnesto Carriço

O atacante está de volta a um time grande do Rio e encontra um panorama semelhante ao de sua chegada ao Vasco, em 2009: recém-rebaixado e com a obrigação de retornar à Série A. Na ocasião, Pimpão obteve sucesso e, além disso, experiência, que espera transmitir aos companheiros mais jovem no Botafogo.

“Quando vim para cá, coloquei na balança a questão da pressão, com a torcida cobrando em cima para conseguirmos subir. Quando eu fui para o Vasco, era a mesma coisa. Tenho sentido muita vontade e foco de todos os jogadores. Espero poder passar essa experiência que tenho, após cinco anos de série B. É muito diferente da Série A”, alertou.

Confira a coletiva na íntegra:

Jogos de prepração

É um jogo importante porque mostra a vontade do grupo, o que todo mundo tá querendo. Nao nos conhecemos ainda, é apenas o segundo jogo juntos, mas o resultado positivo é importante para aumentar a auto-estima, aumentar a vontade. Todos estamos aqui querendo sair vitoriosos em todos os jogos. É um aprendizado, cada jogo que temos é uma equipe que vem buscar o resultado contra a gente. No treinamento nós focamos, queríamos ganhar a partida, nos dedicamos, nos esforçamos para sair com a vitória. Fez diferença sim , no primeiro jogo bateu uma ansiedade em todos os jogadores, querendo mostrar seu valor. Eu com 27 anos fiquei ansioso no primeiro jogo. Essa segunda partida, isso já ficou de lado e colocamos o futebol em prática. Ainda falta muito para melhorar, o entrosamento é essencial para nossa equipe e isso vai vir com os amistosos e o ritmo de jogo que vamos adquirir.

Estrutura do Botafogo

Eu to muito feliz e impressionado com a qualidade de trabalho, de funcionários que o botafogo tem. Eles nos trazem um conforto para fazermos nosso trabalho bem feito. Nutricionista, fisiologista, Preparador físico para te ajudar a render da melhor maneira possível dentro de campo. Eu estou impressionado com toda essa qualidade e apoio que nós jogadores temos.

Parceria com Bill

A gente conversa com todos os jogadores. Lógico que eu converso mais com o Bill porque estamos ali na frente, já o conhecia de nome e tive a oportunidade de realmente conhecê-lo aqui e vi que ele é uma pessoa extremamente divertida, de grupo. Sabemos das concorrência que existe, eu vou ter que mostrar o meu melhor, ele vai mostrar o dele para poder se firmar na equipe porque sabemos que existem mais jogadores de qualidade no elenco.

Busca por espaço

Todos os jogadores estão a disposição do treinador, ele decide quem joga. Eu vou mostrar o meu melhor e minha vontade de ficar na equipe a cada treino. isso depende só de mim, todo mundo de fora está vendo e tenho que dar o meu melhor a cada jogo, a cada treino para ficar com uma vaga na equipe.

Consertar erros

É importante ressaltar isso, mostra que todos nós estamos querendo. Tivemos a preocupação de conversar sobre tudo que deu errado na primeira partida para não se repetir hoje, entramos focados e com vontade de corrigir algumas coisas. O resultado é o exemplo de que se cada um der sua opinião, conversar para melhorarmos, ajuda o grupo todo. Essa partida foi importante para reparar isso.

Scout das partidas

Ajuda em muito. No jogo passado, eu fui ver meu scout e tinha dado cinco ou seis carrinhos em campo., significa que eu estava mau posicionado, tinha que buscar bola. Isso me ajudou muito e nesse jogo de agora eu só dei um carrinho, que foi na hora em que dei um passe para o Gilberto tentar fazer o gol, então isso ajuda muito. Nós temos que buscar conversar com esse profissionais que cuidam das estatísticas para ver o que estamos errando e podemos melhorar. Eu sempre procuro fazer isso.

Campeonato Carioca

É legal você participar de um momento assim, aonde já passaram jogadores de muita qualidade. Fico feliz de voltar a jogar um campeonato carioca, mostrar o meu melhor e ajudar o Botafogo na competição, além de atingir meus objetivos pessoais. Na verdade eu não lembro de duas décadas atrás. Eu só comecei a jogar futebol com 20 anos, eu não tive base no futebol, eu não acompanhava. Eu só comecei a acompanhar a partir daí.

Vinda para o Botafogo

Interferi nas negociações. Tinha proposta de clubes da Série A. Acho que, ao chegar aqui, percebi que fiz a escolha certa e não me arrependo. Hoje eu sou um cara muito feliz e agradecido pelo carinho e dedicação dos profissionais que aqui estão

Motivos para a escolha

Quando eu vim para cá, eu coloquei isso na minha balança com relação a pressão, com a torcida cobrando em cima para gente conseguir esse acesso. Quando eu fui para o Vasco era a mesma coisa. Tinha acabado de cair para série B, era um grupo completamente novo. Então eu acho que aqui no Botafogo eu tenho sentido muita vontade e foco de todos os jogadores. Eu espero poder passar essa experiência que eu já tenho, cinco anos de série B. É muito diferente da Série A, mas primeiro precisamos nos concentrar no Carioca para depois pensar na Série B.

Amistoso do próximo sábado

Sim, vai ser um teste bom. A equipe do Shandong disputa a primeira divisão chines, disputa a liga dos campeões da Ásia, eu já joguei contra esse time em 2011 e acabei marcando um gol contra eles. Espero que nesse amistoso a gente consiga jogar bem, é uma equipe qualificada, tem jogadores de alto nível como o Montillo, o Vagner Love, o Aloisio. é um teste para focarmos bem, sair com um resultado positivo para começar o carioca bem.

é um jogo importante porque mostra a vontade do grupo, o que todo mundo tá querendo. Nao nos conhecemos ainda, é apenas o segundo jogo juntos, mas o resultado positivo é importante para aumentar a auto-estima, aumentar a vontade. Todos estamos aqui querendo sair vitoriosos em todos os jogos.

é um aprendizado, cada jogo que temos é uma equipe que vem buscar o resultado contra a gente. No treinamento nós focamos, queríamos ganhar a partida, nos dedicamos, nos esforçamos para sair com a vitória.

Fez diferença sim , no primeiro jogo bateu uma ansiedade em todos os jogadores, querendo mostrar seu valor. Eu com 27 anos fiquei ansioso no primeiro jogo. Essa segunda partida, isso já ficou de lado e colocamos o futebol em prática. Ainda falta muito para melhorar, o entrosamento é essencial para nossa equipe e isso vai vir com os amistosos e o ritmo de jogo que vamos adquirir.

Eu to muito feliz e impressionado com a qualidade de trabalho, de funcionários que o botafogo tem. Eles nos trazem um conforto para fazermos nosso trabalho bem feito. Nutricionista, fisiologista, Preparador físico para te ajudar a render da melhor maneira possível dentro de campo. Eu estou impressionado com toda essa qualidade e apoio que nós jogadores temos.

a gente conversa com todos os jogadores. Lógico que eu converso mais com o Bill porque estamos ali na frente, já o conhecia de nome e tive a oportunidade de realmente conhecê-lo aqui e vi que ele é uma pessoa extremamente divertida, de grupo. Sabemos das concorrência que existe, eu vou ter que mostrar o meu melhor, ele vai mostrar o dele para poder se firmar na equipe porque sabemos que existem mais jogadores de qualidade no elenco.

Todos os jogadores estão a disposição do treinador, ele decide quem joga. Eu vou mostrar o meu melhor e minha vontade de ficar na equipe a cada treino. isso depende só de mim, todo mundo de fora está vendo e tenho que dar o meu melhor a cada jogo, a cada treino para ficar com uma vaga na equipe.

é importante ressaltar isso, mostra que todos nós estamos querendo. Tivemos a preocupação de conversar sobre tudo que deu errado na primeira partida para não se repetir hoje, entramos focados e com vontade de corrigir algumas coisas. O resultado é o exemplo de que se cada um der sua opinião, conversar para melhorarmos, ajuda o grupo todo. Essa partida foi importante para reparar isso.

Ajuda em muito. No jogo passado, eu fui ver meu scout e tinha dado cinco ou seis carrinhos em campo., significa que eu estava mau posicionado, tinha que buscar bola. Isso me ajudou muito e nesse jogo de agora eu só dei um carrinho, que foi na hora em que dei um passe para o Gilberto tentar fazer o gol, então isso ajuda muito. Nós temos que buscar conversar com esse profissionais que cuidam das estatísticas para ver o que estamos errando e podemos melhorar. Eu sempre procuro fazer isso.

é legal você participar de um momento assim, aonde já passaram jogadores de muita qualidade. Fico feliz de voltar a jogar um campeonato carioca, mostrar o meu melhor e ajudar o Botafogo na competição, além de atingir meus objetivos pessoais.

Na verdade eu não lembro de duas décadas atrás. Eu só comecei a jogar futebol com 20 anos, eu não tive base no futebol, eu não acompanhava. Eu só comecei a acompanhar a partir daí.

Interferi sim. Eu tinha clube de série A para escolher. Eu acho que ao chegar aqui, eu percebi que fiz a escolha certa e não me arrependo. Hoje eu sou um cara muito feliz e agradecido pelo carinho e dedicação dos profissionais que aqui estão.

Quando eu vim para cá, eu coloquei isso na minha balança com relação a pressão, com a torcida cobrando em cima para gente conseguir esse acesso. Quando eu fui para o Vasco era a mesma coisa. Tinha acabado de cair para série B, era um grupo completamente novo. Então eu acho que aqui no Botafogo eu tenho sentido muita vontade e foco de todos os jogadores. Eu espero poder passar essa experiência que eu já tenho, cinco anos de série B. É muito diferente da Série A, mas primeiro precisamos nos concentrar no Carioca para depois pensar na Série B.

Sim, vai ser um teste bom. A equipe do Shandong disputa a primeira divisão chines, disputa a liga dos campeões da Ásia, eu já joguei contra esse time em 2011 e acabei marcando um gol contra eles. Espero que nesse amistoso a gente consiga jogar bem, é uma equipe qualificada, tem jogadores de alto nível como o Montillo, o Vagner Love, o Aloisio. é um teste para focarmos bem, sair com um resultado positivo para começar o carioca bem.