Pontaria do Botafogo ainda preocupa

René pretende priorizar as finalizações na semana

Por O Dia

Rio - Maior problema na reta final do Brasileiro de 2014, a ineficácia do ataque voltou a preocupar o Botafogo contra o Shandong Luneng, da China. Se no ano passado o Alvinegro ficou os últimos seis jogos sem fazer nem um gol sequer, o primeiro grande teste de 2015 já fez o técnico René Simões abrir os olhos. Foram várias chances desperdiçadas no sábado, no Engenhão.

René Simões vê evolução, mas quer aproveitamento melhor nas finalizaçõesDivulgação

Sempre se baseando em estatísticas coletadas por sua comissão técnica, René pretende priorizar as finalizações nesta última semana - haverá um jogo-treino quarta-feira contra o Duquecaxiense - antes da estreia no Estadual, sábado, contra o Boavista.

“Temos que fazer o gol. Não se pode perder as chances que tivemos. É preciso definir com mais qualidade”, analisou.

Se no primeiro tempo contra o Shandong o time só teve uma chance, com Bill, no segundo o Alvinegro perdeu vários gols.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

“No primeiro jogo-treino finalizamos sete vezes. No segundo, nove. Agora foram 20. Temos que melhorar o desempenho”, avisou.

Novo comandante do ataque alvinegro, Bill também lamentou a falta de pontaria como principal problema do time.

“Faltou o gol, mas a equipe está lutando, é só ter tranquilidade para finalizar. Ainda bem que o jogo não valeu três pontos.”