Bill não se abala com sentença de prisão por falta de pagamento de pensão

Atacante explica caso e diz que a bola está com a Justiça

Por O Dia

Rio - A tarde que começou apreensiva terminou com esclarecimentos e calmaria no Botafogo. Após ser divulgada uma sentença da Justiça de Bragança Paulista (SP) decretando a prisão de Bill pelo não pagamento de pensão alimentícia, o atacante não se escondeu. Em evento com torcedores na loja oficial do clube, o camisa 9 fez questão de explicar a situação e tranquilizar os alvinegros.

Bill foi a evento do Botafogo e disse estar tranquilo com imbróglio judicialAlexandro Brum

O autor de três gols no Carioca vive um imbróglio judicial com a ex-mulher Sabrina Oliveira, mãe de um casal de filhos do jogador. Ela entrou com uma ação contra o atacante alegando que não recebe pensão alimentícia desde o início do ano passado.

Advogado de Bill, Alessandro Souza Vale garante que a decisão do juiz Angelo Marcio de Siqueira Pace, da 4ª Vara Cível de Bragança Paulista, ainda não foi despachada e que o camisa 9 não corre o risco de ser preso. Vale já entrou com um recurso para que o valor da pensão seja renegociado.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O jogador do Botafogo pagou R$ 12 mil mensais a ex-mulher durante a rápida passagem pelo futebol árabe em 2013 e reduziu pela metade o valor quando retornou ao Brasil. Sabrina não aceitou e acionou o ex-marido na Justiça, exigindo o pagamento de mais de R$ 70 mil.

“Se tivesse esse pedido de prisão, eu estaria preso. A questão é que, quando fui para a Arábia Saudita, a pensão tinha um valor. Entrei depois com um recurso para baixar esse valor, mas a minha ex não aceitou. Estou tranquilo, sem preocupação em relação a isso. Sei o que devo e tenho de pagar. Agora está com a Justiça”, disse Bill.

O atacante não mudou a rotina por conta da situação. Mais cedo, no Engenhão, ele participou da atividade regenerativa ao lado dos companheiros.

Saudade dos filhos

Bill tem os nomes dos filhos, João Vitor e Valentina, tatuados na pele, mas há tempos não consegue encontrá-los. Segundo o atacante, não por falta de esforço de sua parte.

“Minha ex-mulher não deixa nem eu ver meus filhos. Fico triste com isso. Vou pensar no que fazer com meu advogado, mas está tudo certo, basta ela aceitar o que propus. Não corro das minhas obrigações, mas agora não cabe a mim e nem a ela, é com a Justiça”, disse o camisa 9.

Quando chegou ao Botafogo, Bill prometeu marcar 30 gols. Até o momento, ele já fez três em partidas oficiais e um em jogo-treino na pré-temporada.