'O grande segredo da equipe é ter um cara chamado Jefferson', diz René

Técnico do Botafogo não economiza elogios ao goleiro

Por O Dia

Rio - Jefferson é o ídolo e a referência do Botafogo. O goleiro é a principal peça alvinegra em um momento de reconstrução dentro e fora de campo. O papel de líder também é exaltado. O técnico René Simões não economiza nos elogios na hora de falar sobre o capitão do time.

Jefferson é a referência do Botafogo em campoSatiro Sodré / SS Press

"Por trás deles todos tem um cara chamado Jefferson. Toda essa segurança é porque tem um cara chamado Jefferson. Tem o farol ali. Eles olham, veem o comportamento, a vontade dele. Passar instrução para o Jefferson antes do jogo é difícil. Ele é tão concentrado que acho que não está me ouvindo. O detalhe que vou passar para ele tenho a impressão de que não está ouvindo de tão focado. O grande segredo da equipe é ter um cara chamado Jefferson", elogiou René.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O técnico do Botafogo, agora, terá o desfalque de Jefferson, que vai defender a seleção brasileira em dois amistosos, contra a França e o Chile. O goleiro perderá três jogos do Alvinegro: Cabofriense, Barra Mansa e Vasco. Será a vez de Renan.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Carioca

"Vamos com o Renan, que irá muito bem, pode ter certeza. Ele está caminhando nos passos do Jefferson. Quando acabou o jogo falei com o Renan: 'Chegou a hora'. Ele disse: 'Pode ficar tranquilo'. É igual ao Jefferson? Não, ele pode vir a ser. Não é igual, mas o time vai saber sem jogar com o Jefferson", projeta.