Por victor.abreu
Furacão pintou no treino do Botafogo%2C nesta sextaDivulgação

Rio - Os dirigentes de futebol, enfim, estão sabendo valorizar os ídolos do passado. Desde o fiasco na Copa do Mundo, a seleção brasileira adotou uma espécie de "auxiliar pontual", cargo ocupado por ex-jogadores da Canarinha.

O Botafogo embarcou na onda. Mesmo não tendo criado uma nova vaga oficialmente na comissão técnica, o Glorioso se aproximou de jogadores como Carlos Alberto Torres e, no treino desta sexta-feira, no estádio Nilton Santos, véspera do clássico contra o Fluminense, válido pela semifinal do Campeonato Estadual, quem apareceu foi o Furacão da Copa da 70, Jairzinho.

"Primeiro eu quero agradecer ao comandante por essa oportunidade de estar com esse grupo fantástico. O meu papel foi dizer que o Botafogo precisa muito deles e eles também precisam do Botafogo. É criar essa objetividade e o sucesso que o Botafogo merece ter. Representei o Botafogo aos 17 anos de idade e tenho uma história aqui. Não é uma pressão para eles, mas sim uma reformulação que está sendo feita. Cada ano é diferente e agora estamos indo bem na competição. Lideramos, fomos campeões e entramos na reta final com uma crescente importante", falou Jairzinho.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Antes do treino, Jairzinho conversou com os jogadores do Botafogo e relembrou um pouco da sua trajetória vitoriosa pelo clube da Estrela Solitária. O jogador foi convidado pelo técnico René Simões. Em março, o ex-atacante esteve com a seleção brasileira nos amistoso contra França e Chile, exercendo o cargo de auxiliar pontual.

"Nós trouxemos hoje o Jairzinho e ele deu umas dicas muito legais. Jogador não é muito de ficar sentado, mas eles ficaram inertes ouvindo o Jairzinho falar. Quando acabou ele foi aplaudido de pé. Falei com o Arão e ele me disse que ficou todo arrepiado. Foi fundamental mostrar a grandeza do Jairzinho e o que ele fez pelo Botafogo. Fomos passando os gols dele e depois o convidamos para entrar sem que eles soubessem. Foi muito positivo esse contato com a história do Botafogo. Ele é um exemplo do que é o Botafogo", disse o treinador René Simões.

O Botafogo inicia sua busca pelo título estadual neste sábado, contra o Fluminense, às 18h30, no Maracanã. O jogo de volta será na outra semana, dia 18, no mesmo horário, mas o local ainda não foi definido. O Alvinegro joga por dois empate, por conta da melhor campanha na primeira fase.

Você pode gostar