Por fabio.klotz

Rio - O primeiro gol de Willian Arão com a camisa do Botafogo foi especial. O palco não poderia ser melhor: o Maracanã. Não foi um gol qualquer. Arão marcou no clássico com o Fluminense, pela semifinal do Campeonato Carioca, e manteve o Fogão na briga por uma vaga na final.

Willian Arão é homem de confiança do técnico René SimõesBruno de Lima

"Foi muito legal fazer esse gol. Não só pelo gol, mas por tudo que envolveu. Foi no Maracanã, num clássico e ainda nos manteve vivos na semifinal", declarou o volante, nesta segunda-feira, em coletiva realizada no Estádio Nilton Santos.

LEIA MAIS: Com Jobson entre os reservas, René Simões comanda treino no Botafogo

Arão lamentou mais uma derrota para o Fluminense, a segunda na temporada, mas considerou o resultado de sábado injusto. Agora, para chegar à final do Carioca, o Botafogo terá de vencer o jogo de sábado por dois gols de diferença. Um triunfo por um gol leva a decisão aos pênaltis.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

"Eles ganharam a primeira partida pois deixamos a desejar na marcação e na concentração. No sábado, jogamos muito bem e o resultado não foi justo. Futebol é assim. É clássico. Eles aproveitaram as chances que tiveram. E nós não conseguimos", analisou.

Você pode gostar