'Convocação tem um gosto especial', diz Jefferson, confirmado na Copa América

Goleiro deve ser titular da Seleção pela 1ª vez em um torneio oficial: 'Vou me preparar para ajudar o Brasil a trazer a taça'

Por O Dia

Rio - Figurinha carimbada nas convocações desde a época de Felipão, Jefferson vestiu a camisa da Seleção em jogos amistosos. Com a convocação confirmada para a Copa América, em junho, no Chile, o camisa 1, que vem sendo titular com Dunga, terá a oportunidade disputar a primeira competição oficial com a Amarelinha.

Homem de confiança de Dunga%2C Jefferson deve ser titular do Brasil na Copa AméricaDivulgação

"Eu sou sempre tranquilo, não fico ansioso com convocação. Sempre faço meu trabalho bem-feito no clube e na Seleção. Essa convocação tem um gosto ainda mais especial, porque ninguém tem cadeira cativa. Agora é minha oportunidade de jogar a primeira competição oficial com camisa da Seleção. Estou muito feliz e vou me preparar ao máximo para ajudar a Seleção a voltar com a taça da Copa América", afirmou.

LEIA MAIS: Dunga convoca a seleção brasileira para a Copa América

O jogador também fez questão de traçar um perfil comparativo entre os estilos e filosofias de trabalho de Dunga, seu técnico na Seleção, e René Simões, comandante do Botafogo. O camisa 1 destacou o aprendizado com cada um.

LEIA MAIS: Dunga confia no 'capitão Neymar' e mostra otimismo para a Copa América

"A gente tem de respeitar a filosofia de cada treinador. O Dunga é um excelente treinador. Ele já foi jogador, então entende a cabeça de cada um. Tenho tido a oportunidade de aprender muito com ele sobre profissionalismo. Aqui no Botafogo tem o René, que nos ensina fora e dentro de campo sempre para procurar o nosso melhor. Se pudermos sugar o máximo deles para aprender, vamos crescer como jogador e como pessoa", disse.

BLOG NA BOLA: Diego Tardelli vive seca de gols na China

Jefferson se juntará à delegação do Brasil no dia 1º de junho para a disputa da Copa América. A equipe passará por um períodos de treinos na Granja Comary, em Teresópolis, até o dia 6. Depois, a Seleção fará dois amistosos preparatórios, contra o México, dia 7, no Allianz Parque, e no dia 10, contra Honduras, em Porto Alegre, antes de embarcar para o Chile, onde estreia na competição no dia 14, contra o Peru.

* Colaborou Edsel Britto