Hora de prolongar a boa fase do Fogão

Zagueiro Renan Fonseca festeja a rápida adaptação ao clube e ao Rio e já pensa em renovar seu contrato com o Alvinegro

Por O Dia

Rio - A adaptação ao Rio e a identificação com o Botafogo aconteceram mais rapidamente do que Renan Fonseca esperava e, agora, o objetivo é prolongar o bom momento. Já em negociação para renovar o contrato, que se encerra no fim do ano, o zagueiro não esconde o desejo de permanecer no clube. Contratado junto ao Santa Cruz, Renan chegou ao Alvinegro totalmente desconhecido pela torcida. Venceu a desconfiança inicial e se firmou como titular na zaga durante a pré-temporada em Várzea das Moças.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

A ótima campanha do Botafogo no início da Série B tem participação fundamental da defesa, menos vazada da competição com apenas dois gols sofridos em sete jogos. A ótima fase só reforça a vontade do camisa 3 de continuar no clube, que o está projetando no cenário nacional.

Renan Fonseca se diz adaptado e feliz ao Botafogo, e quer renovar seu contrato com o clubeDivulgação

“Estou procurando fazer o meu trabalho da melhor maneira possível. Em breve devemos ter alguma conversa. Eu me identifiquei muito com o Botafogo e com a torcida. O pensamento é renovar para ter uma sequência. O ano está sendo maravilhoso para o Botafogo e para mim. O pensamento agora é fazer o meu melhor nos treinos e nos jogos e, consequentemente, ser valorizado em uma possível renovação”, afirmou Renan Fonseca.

O defensor vem numa ascendente desde 2013, quando se transferiu para o Santa Cruz, depois de passagens por times do interior paulista. Conseguiu se firmar na equipe pernambucana e realizar quase 100 partidas em duas temporadas.

Pelo Botafogo, já são 30 jogos em seis meses. E, se depender da vontade do jogador, esse número continuará crescendo. Renan se entendeu bem tanto com Giaretta quanto com Roger Carvalho, seus parceiros de zaga. Com a iminente saída de Marcelo Mattos, o primeiro passará para o meio e Roger voltará a formar dupla com Renan.

“A única diferença, talvez, seja que o Giaretta é canhoto. Ele tem uma boa saída pelos lados. Já o Roger se posiciona muito bem. Os perfis são parecidos”, analisou o camisa 3.

Macaé volta atrás e duelo do Rio será no Moacyrzão

Após aceitar transferir o jogo contra o Botafogo, pela nona rodada da Série B, para Brasília, o Macaé voltou atrás e a partida, marcada para o dia 27, será disputada no Moacyrzão. A empresa que quis levar o duelo para o Mané Garrincha não pagou os R$ 150 mil que oferecera ao clube do Norte Fluminense no prazo e frustrou os alvinegros brasilienses, que esperavam ver de perto o líder da Série B.

O Glorioso já disputou uma partida na capital federal neste Brasileirão, mas não foi bem. Ficou no empate de 0 a 0 com o Atlético-GO pela terceira rodada. Para o confronto com o Botafogo, o Macaé colocará a carga máxima de ingressos à venda: 15 mil.