Botafogo domina o Boa Esporte, mas não fura bloqueio e fica só no empate

Mesmo com o tropeço, Alvinegro segue na liderança da Série B

Por O Dia

Rio - Líder, invicto, mas sem os 100% em casa. Diante do Boa Esporte, o Botafogo não mostrou muita inspiração, saiu atrás, buscou o empate, mas não conseguiu a virada, ficando no 1 a 1 no Estádio Nilton Santos. Foi o primeiro resultado diferente de uma vitória do Glorioso, em casa, pela Série B. Com o resultado, a equipe carioca segue na liderança da competição com 20 pontos, três a mais que o vice, Náutico.

Na próxima rodada, o Glorioso enfrenta o Macaé, no duelo entre as duas equipes do estado do Rio de Janeiro. O confronto vai acontecer no estádio Moacyrzão, às 16h30, no próximo dia 27. O Boa Esporte joga no mesmo dia contra o Bragantino, às 21 horas, em Varginha.

Botafogo e Boa Esporte ficaram no empate por 1 a 1André Mourão/ Agência O Dia

O JOGO

A torcida alvinegra que enfrentou o frio e foi ao Estádio Nilton Santos tomou um susto logo no começo do jogo. Com apenas três minutos, o Alvinegro estava perdendo o duelo para o Boa Esporte. Bruno Felipe foi lançado, em condição legal, e tocou na saída de Renan, que até resvalou na bola antes de entrar no fundo das redes.

FOTOGALERIA: Botafogo tropeça no Boa Esporte, mas segue na ponta da Segundona

O prejuízo alvinegro poderia ter sido ainda maior. Seis minutos depois, Bruno cruzou para Moacir, que dominou na área e mandou para o fundo das rede. O árbitro Alisson Sidnei Furtado marcou irregularidade, afirmando que Renan Fonseca teria sofrido falta no lance.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Um pouco mais calmo no jogo, o Botafogo colocou a bola no chão e conseguiu o empate aos 21 minutos. William Arão fez grande jogada pelo meio e abriu na direita para Gilberto. O lateral-direito cruzou na medida para Rodrigo Pimpão, que pegou firme na bola e deixou tudo igual para o Glorioso.

Botafogo, de René Simões, segue na liderança da Série BAndré Mourão/ Agência O Dia

Antes do fim da primeira etapa, por muito pouco que o Alvinegro não voltou novamente a ficar atrás do placar no duelo. Após falha defensiva, Chapinha dominou e conseguiu descolar belo passe pra Moacir. O jogador recebeu, driblou Luís Ricardo e só não fez o segundo porque Renan fez uma grande defesa.

O Botafogo voltou com um apetite maior na segunda etapa. Com domínio da posse, o Alvinegro rapidamente criou duas oportunidades claras de gol perdidas por Bill. Na primeira, o jogador foi lançado por Diego Jardel e finalizou para fora. Depois, o atacante recebeu cruzamento de Gilberto e voltou a errar o alvo.

Só que com o passar do tempo, os jogadores alvinegros foram cansando. René até tentou dar uma energia a mais no Botafogo colocando Henrique no lugar do pouco inspirado Bill. Porém, nem Sassá, nem o centro-avante conseguiram ser mais efetivos. Desta vez, Pimpão não conseguiu um outro gol salvador no fim e o Alvinegro ficou no empate.


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 x 1 BOA ESPORTE

Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19/06/2015, 21h50
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Renda/Público: R$ 73.755,00 / 4.442 pagantes
Cartões amarelos: Diego Giaretta (BOT). Pirão e Wendel (BOA)
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Bruno Felipe 0-1 (3'/1ºT) e Rodrigo Pimpão 1-1 (21'/1ºT)

BOTAFOGO: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Luis Ricardo; Diego Giaretta, Willian Arão, Diego Jardel (Daniel Carvalho, 21'/2ºT) e Elvis (Sassá - Intervalo); Rodrigo Pimpão e Bill (Henrique, 28'/2ºT). Técnico: René Simões.

BOA ESPORTE: Andrey, Moacir, Everton Sena, Raphael Silva e Pirão (Sheslon - Intervalo); Wendel, Radamés, Alê, Chapinha (Daniel, 39'/2ºT) e Bruno Felipe; João Paulo (Cléo, 26'/2ºT). Técnico: Moacir Júnior.