Botafogo com fôlego de garoto

Luis Henrique, 17 anos, é a aposta para jogo contra o Sampaio

Por O Dia

Rio - Uma transição brusca no ataque do Botafogo: do vaiado Bill ao estimado Luis Henrique, principal promessa da base. O garoto ganha contra o Sampaio Corrêa, às 21h50, no Nilton Santos, a primeira oportunidade entre os profissionais e sob pressão. Os alvinegros precisam vencer para reconquistar a liderança da Série B, que está nas mãos do Paysandu.

Botafogo enfrenta o Sampaio Corrêa em casaMárcio Mercante / Agência O Dia

O objetivo era adaptar aos poucos o atacante de 17 anos, mas no dia em que fez o primeiro treino pelo time principal, na terça-feira, Bill deixou o clube. Os grandes jogadores atraem grandes chances.

Como o recém-contratado Rafael Oliveira não foi regularizado a tempo, a camisa 9, que Luis Henrique estava acostumado a usar pela equipe sub-17 até o mês passado, ganhará muitos quilos.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

MUITOS ELOGIOS DE RENÉ

O peso da camisa não preocupa René Simões, depois de menos de uma semana de convívio com o jogador: “Fiquei impressionado com esse menino. É muito inteligente e seguro. Tem uma movimentação bem diferenciada, tem leitura e ocupa muito bem os espaços. Conversei com sete ou oito jogadores do elenco e todos estão impressionados também. Tomara que ele seja uma exceção à regra. Porque não é fácil se firmar aos 17 anos, mas ele já é um adulto.”

Mesmo antes de estrear, o atacante já é queridinho da torcida pelos gols na campanha do vice da Copa do Brasil com o time sub-17: foram 14 em 10 partidas. Para evitar que essa relação tome outro rumo a partir do momento em que jogar como profissional, René fez um pedido à galera: “Paciência, pois ele é uma joia, tem muita possibilidade de evoluir, mas tem que ter calma. O garoto precisa de suporte o tempo todo.”