René Simões lamenta prisão de Jobson e diz que não consegue contato com ele

Treinador também ficou triste ao ver o estado físico do atleta

Por O Dia

Rio - Jobson deixou uma lacuna no ataque do Botafogo. Punido pela Fifa, o jogador foi preso em Conceição do Araguaia, no sul do Pará, na última sexta-feira, por dirigir seu veículo embriagado e, posteriomente, resistência à prisão e desacato. René Simões ficou triste com o caso e lamentou na entrevista coletiva desta segunda-feira.

René Simões falou sobre a prisão de JobsonVitor Silva / SS Press

LEIA: Advogado de Jobson critica Fifa e diz que ela precisa rever antidoping

"Fique muito triste ao ver a foto dele. Ele está gordo. Tentamos falar com ele nos últimos dias e não conseguimos. Agora sabemos onde ele está", lamentou o treinador.

Outro membro do Botafogo que lamentou a situação de Jobson. Rodrigo Pimpão, quando se lesionou no início da temporada, viu o atacante assumir sua vaga e ir bem no Campeonato Carioca.

LEIA: Jogador Jobson é preso por dirigir alcoolizado e por desacato no Pará

"Todos nós ficamos chocados. É uma noticia triste. Ele tinha que estar aqui com a gente. Sabemos que a punição foi grande. Esperamos que tudo se resolva da melhor maneira, e ele tenha a cabeça no lugar", disse Pimpão.

Desde abril, Jobson cumpre suspensão de quatro anos imposta pela Fifa por ter se recusado a fazer um teste antidoping surpresa em março de 2014, quando defendia o Al-Ittihad, da Arábia Saudida.