Na estreia de Ricardo Gomes, Botafogo fica no empate, mas segue na liderança

Glorioso voltou a empatar sem gols neste sábado em casa

Por O Dia

Rio - Na estreia de Ricardo Gomes, recuperado de um AVC, que o afastou do futebol por quatro anos, a rotina do Botafogo não se alterou. Diante do Luverdense, o Glorioso ficou em mais um empate sem gols, dentro de casa, mas devido aos tropeços dos rivais, continuou na liderança da Série B.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Santa Cruz, no próximo sábado, dia 8, no Arruda. Já a equipe do Luverdense joga na sexta-feira, em casa, contra a equipe do Paysandu.

Botafogo ficou no empate sem gols em casaCarlos Moraes

O JOGO

Com Ricardo Gomes estreando, a equipe do Botafogo iniciou a partida bastante motivada e pressionando o Luverdense. Com muitas jogadas pelo lado do campo, principalmente, com Sassá, o Alvinegro dominou praticamente toda a primeira etapa do duelo no Nilton Santos. Porém, chances claras de gol foram muito poucas.

FOTOGALERIA: Com Ricardo Gomes, Botafogo empata no Nilton Santos

A melhor oportunidade do Glorioso foi criada aos 25 minutos. Carleto deu belo passe para Diego Jardel, que colocou a bola na medida para Luis Henrique, o atacante pegou mal na bola, que acabou indo para fora. Sassá recebia muitas bolas na partida, mas se enrolava bastante, facilitando a vida dos defensores do Luverdense.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Ricardo Gomes fez a sua estreia pelo BotafogoCarlos Moraes

Nos últimos minutos antes do intervalo, os visitantes criaram a única chance de gol dos primeiros 45 minutos. Tozin recebeu com liberdade e bateu cruzado, pela esquerda, a zaga do Botafogo tentou cortar, mas mandou na direção do gol, assustando muito os torcedores alvinegros.

Ricardo Gomes mexeu na equipe no intervalo. Saiu Sassá e entrou Neilton, que também fazia a sua estreia. O ex-atacante do Santos deu mais qualidade ao ataque do Botafogo. E foi com ele a primeira oportunidade do Glorioso da segunda etapa. O jogador recebeu dentro da área e chutou para fora, assustando o goleiro Edson Kölln.

Com o passar da metada do segundo tempo, o Botafogo cansou e sem muitas inspiração técnica, a partida acabou mais concentrada no meio-campo. O Glorioso ainda assustou em jogadas de bola parada, mas o jogo continuou sem nenhuma alteração.


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 LUVERDENSE

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 1/8/2015 - 16h30
Árbitro: Luís Teixeira Rocha (RS)
Público/renda: 9.585 pagantes/R$215.590,00
Cartões amarelos: Muralha, Da Matta e Alípio
Cartões vermelhos: -
GOLS: -

BOTAFOGO: Jefferson; Diego, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Dierson, Willian Arão, Diego Jardel (Lulinha, 25'/2ºT) e Octavio (Daniel Carvalho, 26'/2ºT); Sassá (Neilton, intervalo) e Luis Henrique - Técnico: Ricardo Gomes.

LUVERDENSE: Edson; Osman, Luiz Otávio, Everton e Paulinho; Muralha (Rafael Tavares, 18'/2ºT), Ricardo, Da Matta e Diego Rosa; Alipio (Luiz Eduardo, 31'/2ºT) e Tozin (Lucas Fernandes, 31'/2ºT) - Técnico: Junior Rocha