Botafogo vence o América-MG de virada e assume a vice-liderança da Série B

Neilton e Thiago Carleto fizeram os gols do time alvinegro

Por O Dia

Minas Gerais - No topo da tabela da Série B, América-MG e Botafogo se enfrentaram neste sábado no estádio Independência, em Belo Horizonte. O Alvinegro venceu os donos da casa, de virada, por 2 a 1. Thiago Santos abriu o placar para o Coelho; Thiago Carleto, cobrando falta, e Neilton deram a vitória para o clube carioca.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Com a vitória, o Botafogo passou o América-MG e assumou a vice-liderança do Brasileirão da Série B, com 36 pontos. O Coelho agora é 3º colocado com 34. O Vitória é o líder com 37.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrentará o Paysandu, às 11h, domingo, no estádio Nilton Santos (Engenhão). O América-MG visitará o Bahia, no sábado, às 16h30.

Botafogo conseguiu vitória importante contra o América-MGEstadão Conteúdo

O JOGO

O Botafogo começou a partida dando espaços para o América-MG criar suas jogadas. Empolgado pela presença da torcida, os donos da casa iam ao ataque empurrados pelos gritos das arquibancadas. Entrosada, a zaga alvinegra conseguiu resistir bem aos primeiros 15 minutos de partida. Em diversos momentos, a linha de impedimento do Glorioso funcionou bem, deixando os atacantes adversários fora de condição.

No primeiro cochilo da zaga, Thiago Santos abriu o placar para o América-MG. O meia Henrique Santos recebeu um lançamento pela lateral direita, foi ao fundo, e cruzou para o volante Thiago Santos subir e mandar de cabeça para o gol alvinegro. 1 a 0 Coelho.

O Alvinegro não conseguia fazer a transição entre meio e ataque. Dependendo apenas de Daniel Carvalho nas armações de jogadas, Diego Jardel esteve sumido em boa parte da primeira etapa.

Na bola parada, veio o empate. Sem grandes chances de ataque, uma falta na intermediária deixou tudo igual no placar. Thiago Carleto cobrou com violência e mandou no ângulo direito do goleiro João Ricardo. O gol baixou a moral dos donos da casa e deixou o Botafogo com condições de buscar a virada no segundo tempo.

O primeiro lance de perigo da segunda etapa foi do América-MG. Robertinho cruzou para Mancini e o meia mandou de primeira para o gol. Jefferson fez boa defesa e colocou para escanteio. O Coelho teve a segunda oportunidade logo em seguida. Raul arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave alvinegra.

Com a saída de Diego Jardel, que estava apático em campo, Ricardo Gomes colocou Élvis na partida. Na primeira joga de ataque do meia, ele deixou Neilton cara a cara com o goleiro João Ricardo. O atacante tocou na saída do camisa 1 e virou o placar para o Botafogo no estádio Independência.

O América-MG acordou. Mancini, cobrando falta, quase empatou. Jefferson, com a ponta dos dedos, botou para escanteio. Em seguida, Robertinho recebeu cruzamento, dentro da pequena área, e mandou para fora.

Nos quinze últimos minutos de jogo, o Botafogo começou a dar mais espaço para os donos da casa. Thiago Santos tentou aproveitar essa liberdade e mandou de longe, quase surpreendendo o goleiro Jefferson. Pressionado, o Botafogo dava sorte nas tentativas do América-MG. Mesmo assim a defesa alvinegra conseguiu segurar o placar até o fim da partida.

Ficha Técnica

América-MG 1 x 2 Botafogo

Estádio: Independência (Minas Gerais)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Cartãos Amarelo: Élvis (BOT, aos 24' do 2ºT), Thiago Carleto (BOT, aos 30' do 2ºT, ), Diego (BOT, aos 42' do 2ºT)
Cartão Vermelho: Nenhum
Gols: Thiago Santos (AME, 15' do 1ºT), Thiago Carleto (BOT, aos 37' do 1ºT), Neilton (BOT, aos 18' do 2ºT)

América-MG: João Ricardo, Robertinho (Walber), Alison, Wesley Matos, Raul; Thiago Santos, Leandro Guerreiro, Tony, Mancini (Sávio), Henrique Santos; Marcelo Toscano. Técnico: Givanildo Oliveira.

Botafogo: Jefferson, Diego, Diego Giaretta, Renan Fonseca, Thiago Carleto; Serginho, Willian Arão, Diego Jardel (Élvis), Daniel Carvalho (Octávio); Álvaro Navarro e Neilton (Luis henrique). Técnico: Ricardo Gomes.