No embalo da torcida, Botafogo busca a liderança da Série B contra o Paysandu

Com os ingressos esgotados, Alvinegro aproveita o Estádio Nilton Santos lotado para voltar ao topo da tabela

Por O Dia

Rio - Contra o Paysandu, às 11h, tudo remeterá o Botafogo à Série A do Brasileiro. O dia é o tradicionalmente reservado às partidas da elite e o público de hoje baterá o recorde do Nilton Santos no ano — a torcida alvinegra comprou os mais de 20 mil ingressos disponíveis. Se jogar um futebol de primeira e conseguir a vitória, o time iniciará o returno já na liderança da Série B.

Depois de mudanças de rota e crise na diretoria, o ambiente é o melhor possível. As duas vitórias consecutivas renovaram a confiança, tanto dos jogadores quanto dos torcedores e, pela primeira vez desde o início da competição, o time jogará com casa cheia.

Neilton é uma das esperanças de gol do Botafogo diante do PaysanduDivulgação

“A torcida quer a recuperação, e uma vitória fora de casa dá ânimo para ela. O plano é vencer sempre, dentro ou fora de casa. Se o time jogar bem, o torcedor vem atrás. Se não jogar bem, não adianta porque o torcedor não vai acreditar. Futebol é assim”, afirmou o técnico Ricardo Gomes.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O bom momento de Neilton, autor de dois gols nos últimos dois jogos, é o principal trunfo do Botafogo para devorar o Papão. Logo mais, ele terá um novo companheiro no ataque. Luis Henrique substituirá o uruguaio Navarro, fora de combate por conta de uma lesão na panturrilha direita.

Com a troca, a dupla responsável por balançar a rede terá a impressionante média de 19 anos. Apesar da pouca idade de ambos, fazer gols não é problema para eles. Juntos, Luis Henrique e Neilton marcaram cinco na Série B. Para a festa ser completa nas arquibancadas, a diretoria distribuirá dez mil bandeirinhas em preto e branco. Elas serão uma espécie de termômetro e balançarão no mesmo ritmo da atuação do time em campo.