Por fabio.klotz

Rio - O Botafogo não tem tempo nem para se queixar do cansaço provocado pela maratona de jogos. Três dias após o empate com o Oeste, os alvinegros defendem nesta sexta-feira a liderança da Série B, às 21h30, contra o Boa Esporte, em Varginha. Sem poder fazer alterações, Ricardo Gomes aposta na conversa e no vigor físico de Sassá, que será mantido no time titular.

Sassá está mantido no ataque do BotafogoDivulgação

O técnico quer aproveitar ao máximo a melhor fase do atacante, mas, diferentemente da rodada passada, ele terá um companheiro. Lulinha treinou entre os titulares e deve ser escalado na frente. Depois de cumprir suspensão automática, Giaretta volta no lugar do jovem Jean.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Com um volante a menos - Camacho foi barrado -, a intenção é ter mais jogadores no campo de ataque, imprensando os mineiros. Fora essa mudança tática, nada inovador, apesar da atuação ruim contra o Oeste.

“Não tem nada para fazer. É conversar muito e automatizar para diminuir os erros. Coisa do calendário e é ruim para todo mundo. O torcedor que paga quer ver o bom futebol e não vai pensar no calendário. O que fazemos é uma sequência ao treino regenerativo. Trabalhamos a posse da bola sem agressividade e muita tática”, disse Ricardo Gomes.

Para tentar minimizar o cansaço, a diretoria fretou um voo direto para Varginha e a delegação viaja nesta sexta de manhã. Tudo para evitar que se repita a sequência do primeiro turno, quando contra Boa, Macaé, Sampaio Corrêa, Ceará e Bragantino, o Botafogo conquistou apenas cinco pontos. A série de resultados ruins provocou a demissão de René Simões, após a eliminação na Copa do Brasil para o Figueirense.

Além da posição do adversário na tabela - 18º, dentro da zona de rebaixamento -, a torcida alvinegra tem outro motivo para confiar em uma vitória em Minas Gerais. O Botafogo é o dono da melhor campanha fora de casa na competição: das 14 vitórias conquistadas, seis foram longe de seu domínio.

Líder, os alvinegros podem terminar a rodada com nove pontos de vantagem sobre o quinto colocado, caso derrotem o Boa e Santa Cruz, América-MG e Sampaio Corrêa não saiam vitoriosos em suas partidas. Seria um passo e tanto para voltar à Série A.

De volta ao Caio Martins

A espera da torcida alvinegra pelo reencontro com o Caio Martins está perto do fim. Nesta quinta-feira, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, anunciou que um acordo para a realização de partidas no estádio no ano que vem deve ser fechado nos próximos dias.

“Na próxima semana faremos um acordo de cooperação com o Botafogo e a secretaria estadual para a revitalização do Caio Martins e a realização de jogos em 2016”, escreveu Neves em uma rede social.

Por causa da Olimpíada, o Nilton Santos não poderá ser usado até o fim de setembro do ano que vem.

Você pode gostar