O merecido descanso do Botafogo

Com dever cumprido, jogadores do Fogão terão o fim de semana de folga

Por O Dia

Rio - Em 28 dias foram oito jogos, com 79% dos pontos possíveis conquistados. O Botafogo não apenas sobreviveu à maratona na Série B, como abriu vantagem para os rivais e, praticamente, garantiu o retorno à elite. Depois do dever cumprido, os jogadores comemoram o período de descanso merecido, com a tranquilidade dos 99% de chances de acesso à Primeira Divisão.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Para garantir a recuperação do grupo, a comissão técnica preparou uma programação bem mais leve, com direito a folga durante todo o fim de semana. Fato raro no futebol.

Botafogo só volta aos gramados na próxima semanaVitor Silva / SS Press

“O que vivemos em setembro foi além em termos de cansaço, superação e desempenho. Conseguimos resultados bons e agora podemos descansar tranquilos. Estamos em final de temporada, então o melhor treino agora é o descanso. É bom para evitar lesões depois dessa sobrecarga. Falta de ritmo não vai acontecer”, afirmou Giaretta.

Há tempos o zagueiro não conseguia cumprir tarefas cotidianas de um pai, como buscar o filho Henrique, de 5 anos, no colégio. Ontem, ele aproveitou a menor duração do treinamento da manhã para fazer uma surpresa ao primogênito, que é presença constante no Nilton Santos.

Giaretta foi um dos poucos jogadores do elenco que não apareceram na foto postada por Daniel Carvalho numa rede social, na tarde de ontem. Na imagem, grande parte do grupo alvinegro curtia uma piscina para aliviar o calor.
Como o momento é bom, todos os comentários dos torcedores foram todos positivos. “Vocês merecem!”, escreveu um botafoguense.

Na manhã de sexta-feira, Ricardo Gomes comanda o último treinamento antes do fim de semana de folga. A maioria dos atletas aproveitará para viajar com a família.

TIME ADOTA CAUTELA SOBRE VOLTA À SÉRIE A

Em situação muito confortável na Série B, o Botafogo não quer queimar etapas. Enquanto os matemáticos cravam que as chances são de 99%, internamente, o Alvinegro trata o acesso como objetivo bem encaminhado, mas ainda não alcançado.

“Não vamos negar que a gente esperava chegar aqui nesta situação, pois trabalhamos muito para isso. Voltamos a ter gordura, nunca deixamos a zona de classificação, mas ainda não acabou a competição e tem muita coisa por acontecer”, disse o zagueiro Giaretta.

Faltando dez rodadas para o término da Série B, o Glorioso assegura o retorno à elite do futebol brasileiro com apenas três vitórias. Nas próximas três partidas pela competição, duas serão disputadas no Nilton Santos.