Botafogo sofre castigo no fim e fica no empate contra o Sampaio, fora de casa

Alvinegro sofreu dois gols irregulares em duelo no Castelão

Por O Dia

Maranhão - O Botafogo teve a vitória na mão até o último minuto da partida, mas acabou cendendo o empate ao Sampaio Corrêa, em duelo no Castelão. O Alvinegro ficou no 2 a 2, mas segue na liderança e bem próximo do acesso para a Série A.

O Botafogo volta aos gramados no próximo dia 17, o adversário será o Bragantino, no Estádio Nilton Santos. Já o Sampaio Corrêa encara o Luverdense, fora de casa, no dia 6.

Botafogo ficou no empate no MaranhãoHonório Moreira / Futura Press / Folhapress

O JOGO

O primeiro tempo entre Botafogo e Sampaio Corrêa não foi fácil para o Alvinegro. Atuando fora de casa, o Glorioso sofreu bastante com as jogadas de velocidade da equipe do Maranhão. Apesar disso, o clube carioca saiu na frente, logo na primeira chance que teve. Navarro tocou para Diego, que cruzou na cabeça de Neíton, que abriu o placar para o Botafogo.

O gol não fez o Sampaio sentir. Os donos da casa seguiram bem na partida e com o recuo do Botafogo, aumentaram a pressão. Aos 28 minutos, Edgar subiu e cabeceou, a bola passou perto da meta de Jefferson, assustando os alvinegros.

Jefferson ainda faria duas ma defesa incrível, antes do intervalo, evitando o gol do Sampaio Corrêa. Depois de bela jogada pelo lado esquerdo,  Henrique cruzou para o meio da área, Léo Rodrigues chegou batendo forte e o goleiro alvinegro caiu bem para fazer grande defesa, salvando o Glorioso. Logo depois, Henrique ficou na cara do gol e novamente o ídolo alvinegro apareceu para evitar que a bola entrasse.

O segundo tempo começou com muita polêmica e gol do Sampaio Corrêa. Com apenas oito minutos, Raí cruzou, Jefferson espalma para o meio da área e Jheimy empurra para o gol. Só que o jogador do Sampaio estava impedido. O lance gerou muita polêmica e indefinição da arbitragem que acabou confirmando o gol.

Só que não deu nem tempo de os donos da casa comemorarem o empate. No lance seguinte, Diego recebeu pelo lado direito e cruzou na medida para Navarro, cabecer firme, sem chances de defesa para Rodrigo Viana e recolocar o Botafogo na frente.

O restante do segundo tempo foi de domínio do Sampaio Corrêa, mas com o Botafogo acertando um pouco mais a marcação. Porém, no último minuto, após pressão do clube do Maranhão, Edmar conseguiu colocar a bola no fundo das redes do clube carioca.