Botafogo em alta mesmo sem jogar

Apesar do adiamento do duelo contra o Ceará, time vê adversários diretos no G-4 da Série B tropeçarem

Por O Dia

Rio - Mesmo sem entrar em campo, o Botafogo viu, de camarote, sua vantagem no G-4 da Série B do Brasileiro se manter confortável. Com o adiamento do jogo contra o Ceará e os principais adversários tropeçando na rodada, a distância para o Paysandu, quinto colocado, caiu um ponto, mas tem tudo para subir mais dois após o Alvinegro enfrentar, em casa, os cearenses, que estão na zona de rebaixamento. Assim, a caminhada rumo à Série A se mantém tranquila e a contagem regressiva pode ser encurtada.

Botafogo continua com grande vantagem na pontaVitor Silva / SS Press

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Tudo graças à ótima sequência de sete jogos sem perder, com seis vitórias e um empate, enquanto os demais times no G-4 tem tropeçado sistematicamente nas últimas rodadas: o Paysandu não vence há quatro jogos, Bahia e Sampaio Corrêa há cinco.

Apesar da folga na tabela, os jogadores não baixam a guarda e mantêm a preocupação em garantir matematicamente o retorno à Série A. “Eu acho que os sete últimos jogos foram fundamentais, pois demos uma boa arrancada. Mas ninguém aqui está tranquilo, todo mundo quer conseguir o objetivo logo. Essa parada no Brasileiro vai ser importante para a gente ganhar força”, avaliou Camacho.

O tempo livre, além de servir para aprimorar os trabalhos para a sequência rumo ao retorno à Série A, ajudará a recuperar Daniel Carvalho. Com lesão na panturrilha direita, o apoiador ficará fora por pelo menos 15 dias e não vai enfrentar Bragantino e Ceará. Como Fernandes, que machucou o joelho direito, ficará mais tempo parado (seis semanas), Camacho deve ganhar uma chance no time.